CURSO GRATUITO

INSCRIÇÕES ATÉ

21/06

Inscreva-se agora

1- Liste 5 Coisas da Sua Personalidade que Você Gosta e 5 que Você Mudaria
2- Analise o Tópico Anterior Trazendo ele Para o Dia a Dia
3- Treine a Sua Auto Reflexão
4- Questione os Seus Padrões de Comportamento
5- Escreva
6- Cogni
7- Procure Por Um Terapeuta
Você Sabia que o Autoconhecimento Pode Também te Tornar um Bom Profissional?

Confira as Melhores 7 Dicas para Desenvolver o Autoconhecimento!

Alavanque a sua vida pessoal e profissional com as sete super dicas sobre como desenvolver o autoconhecimento, aprenda já!

Cindy Guerson
Por: Cindy Guerson
Confira as Melhores 7 Dicas para Desenvolver o Autoconhecimento!

O autoconhecimento é a habilidade interpessoal que diz respeito ao nosso conhecimento sobre nós mesmos. Com ele, podemos nos auto gerenciar melhor e agir de acordo com aquilo que é o melhor para nós.

O desenvolvimento do autoconhecimento é importante não apenas para se conhecer melhor, mas também para promover a si mesmo uma qualidade de vida maior, já que essa habilidade é uma das pioneiras do bem estar emocional.

Considerando esses fatos, podemos afirmar que o autoconhecimento é essencial para um desenvolvimento pessoal eficaz.Visto isso, como uma escola de negócios que se preocupa com você e com o seu crescimento, seja profissional, ou pessoal, vamos te apresentar 7 dicas para desenvolver o autoconhecimento.

Veja só os seguintes pontos!

  • Liste 5 coisas da sua personalidade que você gosta e 5 que você mudaria;
  • Analise o tópico anterior trazendo ele para o dia a dia;
  • Treine a sua auto reflexão;
  • Questione os seus padrões de comportamento;
  • Escreva;
  • Cogni;
  • Procure por um terapeuta.

Pegue uma caneta e um papel e vamos lá!

1- Liste 5 Coisas da Sua Personalidade que Você Gosta e 5 que Você Mudaria

Para começar essa jornada de desenvolvimento pessoal, comece refletindo sobre si mesmo e liste suas melhores qualidades e, também, o que você gostaria muito de mudar.

Exemplo:

Gosto na Minha Personalidade:

1. Humor

2. Empatia

3. Autoconfiança

4. Sinceridade

5. Respeito pelo próximo

Mudaria na Minha Personalidade:

1. Preguiça

2. Irritabilidade fácil

3. Sensibilidade

4. Necessidade de aprovação do outro

5. Indecisão

2- Analise o Tópico Anterior Trazendo ele Para o Dia a Dia

Refletindo melhor sobre as suas características favoráveis, e as consideradas desfavoráveis para você, é possível identificar conflitos já vividos e encontrar a raiz dos problemas, podendo assim, evitá-los posteriormente com o autoconhecimento.

Para entender melhor, vamos te mostrar um exemplo:

Se uma das minhas características favoráveis é a sinceridade, por isso, ao me deparar com pessoas que esboçam falsidade, é muito provável que eu me estresse ou fique chateada com isso.

Sabendo disso, a partir do conhecimento daquilo que eu prezo, eu posso delimitar o que eu quero que esteja perto de mim. 

Se eu gosto de sinceridade, quero pessoas sinceras ao meu lado, pois isso é um valor meu. Portanto, a partir do autoconhecimento pude distinguir o que me faz bem ou não.

Legal, não é mesmo? Faça isso com cada item da sua lista e perceba o que você considera como importante para a sua vida, e o que você admira nas outras pessoas.

3- Treine a Sua Auto Reflexão

Pessoas que possuem o autoconhecimento como habilidade já desenvolvida em sua psique são muito auto reflexivas. Isso porque, a base do autoconhecimento é a reflexão.

O autoconhecimento é importante principalmente na hora de tomar decisões. Procure refletir nas suas escolhas diárias, e tente sempre se questionar se aquilo vale a pena ou não.

O ato de pensar duas vezes antes de falar, pensar ou fazer algo é uma característica importante do autoconhecimento, e você pode, pouco a pouco, se treinar para adquiri-la.

4- Questione os Seus Padrões de Comportamento

Nossos padrões de comportamento dizem respeito a respostas comportamentais automáticas que temos perante a um estímulo lançado sobre nós.

Questionar e identificar esses padrões é muito importante para analisarmos as situações em que nos permitimos estar.

Alguns exemplos de padrões de comportamento são:

  • Ficar bravo sempre que alguém não cumpre o que prometeu;
  • Se prontificar sempre a ajudar o outro mesmo cansado;
  • Após uma discussão, descontar sua raiva em outras pessoas;
  • Pedir desculpas sempre por se sentir culpado.

Visto isso, podemos entender melhor como agimos e respondemos a certas situações.

No quarto exemplo, a frase “Pedir desculpas sempre por se sentir culpado” pode nos mostrar o seguinte:

Se o indivíduo tem como comportamento recorrente pedir desculpas sempre, mesmo quando uma situação o machuca e ele tem a razão de ter ficado triste ou com raiva, isso significa que ele tem a tendência de anular o que sente.

Com o exercício da auto reflexão, apresentado no tópico anterior, é cada vez mais fácil chegar a essa conclusão.

Você se identificou com alguns desses exemplos que citamos? A maioria dos nossos padrões de comportamentos negativos podem ser resolvidos com o aprendizado da Comunicação Não-Violenta.

Você sabia que um dos fatores que mais atrapalha uma comunicação efetiva é o julgamento? Pois é, e nós somos acostumados a julgar o tempo todo.

A comunicação não-violenta (CNV) vem justamente para ajudar a passarmos adiante nossas verdadeiras necessidades e não colocar julgamentos em nossa fala.

Este e-book de Comunicação Não Violenta na Prática vai te ensinar se a comunicar melhor quando está estressado, influenciar melhor as pessoas e desenvolver mais essa habilidade através da comunicação não-violenta.

Bora começar? Não perca tempo Baixe agora o nosso ebook gratuito!

Comunicação Não Violenta Na Prática

5- Escreva

A prática da escrita é capaz de promover, além de inteligência emocional, a identificação dos seus sentimentos. A melhor dica é escrever sobre tudo que está sentindo nos momentos em que se sente triste, com raiva, ou angustiado.

Escrever sobre os nossos sentimentos ajuda a não só “esvaziar o coração” mas a também reconhecer as nossas frustrações e tratar elas com carinho e gentileza.

Um diário pessoal é extremamente eficaz para o autoconhecimento, e ainda sim, pode se tornar divertido depois de muito tempo olhar e ver que coisas que antes te afetavam e já não afetam mais!

6- Cogni

O Cogni é um aplicativo de autoajuda que te auxilia a descobrir como você se sente.

É muito comum, pessoas que ainda não possuem o autoconhecimento terem dificuldades em saber o que estão sentindo, e o Cogni ajuda diretamente nisso.

Nele, você pode dizer como o seu humor está no momento e registrá-lo na plataforma. Dessa forma, assim que o registro acontecer, você será questionado de:

  • Quais emoções sentiu;
  • Quais reações fisiológicas ocorreram na hora;
  • Qual situação provocou suas emoções;
  • Quais pensamentos você teve;
  • Qual comportamento você teve perante aos fatos.

Com a utilização deste aplicativo, você terá um diário detalhado de suas     emoções, sendo maisperceptível a identificação de momentos que te fazem bem, e momentos que te fazem mal.

Isso promove o autoconhecimento, o discernimento dos seus sentimentos e a identificação dos mesmos!

7- Procure Por Um Terapeuta

A terapia é a melhor forma de garantir o seu autoconhecimento. Com a ajuda de um profissional capacitado você pode entender melhor o que os seus sentimentos querem dizer sobre a sua pessoa e também, de onde eles vieram!

Você Sabia que o Autoconhecimento Pode Também te Tornar um Bom Profissional?

Agora que você sabe como desenvolver o autoconhecimento, que tal estudar um pouco mais sobre ele e outras habilidades que podem te tornar além de uma pessoa com competências socioemocionais, um bom profissional?


Está gostando do artigo até aqui? Esperamos que sim! Ficaremos muito felizes em te ajudar nessa jornada de Autoconhecimento e Autogerenciamento emocional. Por esse motivo, gostaríamos de saber, você realmente sabe os impactos de ter sua inteligência emocional desenvolvida? Se não, olha só o que temos para você!

No nosso Ebook sobre A importância da Inteligência Emocional, você será capaz de entender a importância e porque você deve desenvolver a Inteligência Emocional. Ainda, você desenvolverá melhor suas habilidades em se conhecer melhor, em se colocar no lugar do outro, em gerir melhor suas emoções e sentimentos e aprimorar sua capacidade com sociabilidade.

Baixe gratuitamente agora mesmo clicando no botão abaixo e veja como aplicar a IE no dia a dia impacta positivamente no seu comportamento pessoal e profissional!

Entenda a importância da inteligência emocional! Clique e baixe o ebook!

Cindy Guerson

Cindy Guerson

Grad. em Psicologia pela Universidade Nove de Julho (UNINOVE) e atual membro da Liga Acadêmica de Psicanálise e Patologia (LAPP). Especialista na área de Pesquisa e Desenvolvimento do grupo Voitto. Possui certificação em produção e interpretação de textos (UNINOVE), Recrutamento e Seleção (GUPY), copywriting, marketing digital e conteúdos para a web (VOITTO). Acredita que um bom desempenho pessoal depende da nossa percepção sobre o mundo.

Teste: Como está sua Inteligência Emocional?

QUER RECEBER CONTEÚDO VIP?

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

Respeitamos sua privacidade e nunca enviaremos spam!

voitto.com.br

© Copyright 2008 - 2024 Grupo Voitto - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

Teste: Como Está Sua Inteligência Emocional?

Para baixar o material, preencha os campos abaixo:

Possui graduação completa?

Concordo em receber comunicações de acordo com a Política de Privacidade.