CURSO GRATUITO

INSCRIÇÕES ATÉ

21/06

Inscreva-se agora

O que é Controle de Processos?
Por que fazer o Controle de Processos na empresa?
Quais os benefícios da aplicação do Controle de Processos?
Comece o Controle de Processos em 3 passos!
Aprenda sobre Gerenciamento de Projetos!

Entenda qual a necessidade do Controle de Processos para o seu negócio!

Veja como controlar os processos e monitorar resultados a fim de melhorar o desempenho de sua equipe para atingir outro patamar no mercado de trabalho.

Thiago Coutinho
Por: Thiago Coutinho
Entenda qual a necessidade do Controle de Processos para o seu negócio!

Controle de processos é um conjunto de atividades e métodos utilizados para monitorar e gerenciar os processos de uma organização.

O dia a dia de uma empresa pode ser conturbado por vários imprevistos que afetam sua produtividade. Para superar esses obstáculos, ou mesmo evitá-los, é necessário realizar o controle de processos. E o que exatamente é isso?

Diversos fatores podem gerar atrasos em uma empresa, e por isso esse controle é fundamental para garantir que o fluxo de trabalho será mantido.

Vamos ver todos os detalhes desse assunto, com os tópicos:

  • O que é Controle de Processos?
  • Quais os benefícios da aplicação do Controle de Processos?
  • O que é um sistema de Controle de Processos?
  • Comece o Controle de Processos em 3 passos!

O que é Controle de Processos?

O controle de processos é a capacidade de monitorar e ajustar um processo, com base nos resultados desse monitoramento, para que seu fluxo seja otimizado e agregar mais valor aos produtos e serviços entregues.

Assim, ele é usado na indústria com o objetivo de manter a qualidade e melhorar o desempenho.

Vamos pensar em um exemplo simples: imagine que temos algumas pessoas dentro de uma sala, que gradualmente vai ficando fria.

Queremos manter o ambiente em uma temperatura confortável, então vamos ligar um aquecedor. Quando a temperatura está boa, desligamos ele para evitar que o ambiente fique muito quente.

É uma solução fácil. Mas é essa a melhor maneira de realizar essa tarefa? Nessa situação, podemos adicionar um termostato automatizado para controlar a temperatura da sala, que fará isso com mais facilidade.

O controle de processos não se limita ao simples aquecimento de uma sala. Há uma quantidade enorme de atividades que podem ser otimizadas, tarefas muito mais complexas, com a automação industrial de processos no controle de processos industriais.

Ele pode ser aplicado em todos os departamentos e setores essenciais para o funcionamento de um negócio. Isso abrange várias atividades, como a manufatura, administração e marketing, por exemplo.

Por que fazer o Controle de Processos na empresa?

Fazer o controle de processos na empresa é essencial por diversas razões. Algumas delas são:

Eficiência operacional

O controle de processos permite identificar gargalos, ineficiências e desperdícios nos processos de negócio. Ao ter uma visão clara e detalhada de como os processos estão funcionando, é possível realizar melhorias, otimizar o fluxo de trabalho e aumentar a eficiência operacional da empresa.

Qualidade e consistência

O controle de processos ajuda a garantir a qualidade e a consistência dos produtos ou serviços oferecidos pela empresa.

Ao definir e monitorar os processos, é possível estabelecer padrões de qualidade, garantir a conformidade com normas e regulamentações, e assegurar que todas as etapas do processo sejam seguidas corretamente.

Redução de erros e retrabalho

Ao ter um controle efetivo dos processos, é possível identificar e corrigir problemas antes que se tornem erros ou retrabalho. Isso resulta em menos falhas, menor tempo gasto em correções e maior produtividade.

Tomada de decisão embasada em dados

O controle de processos fornece dados e métricas que podem ser utilizados para embasar decisões estratégicas.

Ao analisar os indicadores de desempenho dos processos, a empresa pode identificar áreas de melhoria, identificar oportunidades de crescimento e tomar decisões informadas com base em dados reais.

Padronização e documentação

O controle de processos envolve a padronização e a documentação dos procedimentos.

Isso garante que os processos sejam executados de maneira consistente por diferentes membros da equipe, evitando dependência excessiva de pessoas específicas.

Além disso, a documentação adequada dos processos facilita a transferência de conhecimento e auxilia no treinamento de novos colaboradores.

Monitoramento e feedback contínuos

O controle de processos permite o monitoramento contínuo do desempenho e a obtenção de feedback sobre o funcionamento dos processos.

Isso possibilita a identificação de problemas em tempo real, o ajuste de abordagens quando necessário e a implementação de melhorias constantes.

Quais os benefícios da aplicação do Controle de Processos?

Diversas vantagens podem ser observadas quando aplicamos o controle de processos em um negócio.

O primeiro deles é a melhora na comunicação. Os membros de um setor podem executar suas atividades com base em uma documentação padrão, evitando erros. Da mesma forma, novos indivíduos que forem integrados à equipe vão aprender as rotinas mais rapidamente.

Isso também contribui muito para a organização da companhia, já que delimita melhor o escopo de atividades de cada um. De um ponto de vista interdepartamental, a troca de informações entre setores também é otimizada, já que temos mais clareza das relações entre eles.

O bom controle de processos também deixa a empresa melhor posicionada no mercado.

Como vivemos em tempos em que as tendências estão sempre mudando, é muito mais fácil e rápido fazer alguma alteração necessária na cadeia produtiva quando se conhece todos os processos que ocorrem na empresa.

Como uma das etapas do controle de processos envolve o mapeamento deles, é possível identificar as oportunidades de melhorar o fluxo de trabalho, possibilitando uma melhoria contínua. Dessa forma, a produtividade é melhorada, e desperdícios são evitados.

Portanto, isso facilita muito o trabalho da gerência, principalmente no que se refere à gestão de processos.

Afinal, os indivíduos que precisam tomar decisões importantes podem contar com uma visualização holística da empresa, entendendo como qualquer alteração vai afetar o funcionamento do negócio.

Além disso, essa eficiência operacional maior também ajuda na satisfação dos clientes, já que os resultados serão mais consistentes e atenderão (ou até mesmo vão ultrapassar) as expectativas dos consumidores.

O controle de processos também possibilita a implementação mais eficaz de técnicas como o BPM, que buscam otimizar e melhorar ainda mais os processos de negócios.

Comece o Controle de Processos em 3 passos!

O controle de processos exige um planejamento e uma execução bem pensados, já que estamos falando dos processos vitais para o funcionamento de uma organização.

Por isso, vamos te dar algumas dicas de como fazer o passo a passo do controle de processos na sua empresa.

1. Mapeamento de processos

A primeira etapa do controle de processos é o mapeamento de processos. Nesse momento, é preciso olhar individualmente para cada setor e analisar suas atividades, as documentando. Dessa forma, teremos vários fluxos de trabalho detalhados para cada setor e cada tarefa.

Também é importante registrar como os setores se relacionam, isto é, a troca de informações que precisam ser transmitidas.

Existem departamentos que dependem muito de dados importantes repassados por outros setores, e qualquer processo pode gargalar e resultar em atrasos desnecessários.

Por isso, é fundamental fazer um mapeamento detalhado, para que o controle de processos seja realmente efetivo.

 2. Definição e monitoramento de indicadores

Quando falamos de produtividade em um fluxo de processos, uma das coisas mais importantes é ser capaz de medir e comparar os resultados. Por isso, o controle de processos exige que sejam implementados KPIs, ou seja, indicadores-chave de performance (Key Performance Indicator).

Eles são valores mensuráveis que determinam a efetividade de um processo. A definição dos indicadores é um processo que precisa ser muito bem pensado, afinal, essa informação é fundamental para a melhoria contínua dos processos.

Um exemplo de KPI é o tempo  levado para a montagem de um produto, por exemplo. Definimos um tempo ideal limite para essa atividade, e podemos comparar o desempenho real do setor com esse KPI. A partir daí, é possível implementar ações para melhorar a efetividade.

É claro que cada departamento de uma empresa possui suas características específicas, e portanto, devem ter seus próprios KPIs. Por isso, o trabalho de definir e monitorar os indicadores deve ser feito com muita atenção.

3. Automação da gestão de processos

Por fim, para facilitar o trabalho dos responsáveis pelo controle de processos é importante fazer a automação da gestão de processos.

Isso significa implementar plataformas ou sistemas que reúnem todas as informações obtidas até agora, desde o mapeamento, os KPIs e os resultados medidos.

Compartilhando os dados dessa maneira, fica muito mais simples monitorar em tempo real os processos que ocorrem na empresa. Assim, o gerenciamento pode ser realizado de maneira mais rápida e assertiva, e com maior controle.

Aprenda sobre Gerenciamento de Projetos!

Você está interessado em aprimorar suas habilidades de gerenciamento de projetos? Não perca a oportunidade de se inscrever no curso "Fundamentos de Gerenciamento de Projetos" da Voitto.

Neste curso, você aprenderá os princípios essenciais do gerenciamento de projetos. Esteja preparado para enfrentar os desafios do mundo dos projetos com confiança e conhecimento especializado!

Não perca tempo! Aproveite esta oportunidade de investir no seu crescimento profissional, utilize o cupom BLOG100 para garantir um super desconto.

Inscreva-se agora no curso "Fundamentos de Gerenciamento de Projetos" da Voitto e dê um passo importante em direção ao sucesso na gestão de projetos.

Banner do curso Fundamentos de Gerenciamento de Projetos.

Thiago Coutinho

Thiago Coutinho

Thiago é formado em Engenharia de Produção, pós-graduado em estatística e mestre em administração pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Black Belt em Lean Six Sigma, trabalhou com metodologias para redução de custos e otimização de processos na Votorantim Metais, ingressando posteriormente na MRS Logística como trainee, onde ocupou posições de gestor e especialista em melhoria contínua. Com certificação Microsoft Office Specialist (MOS®) e Auditor Lead Assessor ISO 9001, atendeu a diversas empresas em projetos de consultoria, além de treinamentos e palestras relacionadas a Lean Seis Sigma, Carreira e Empreendedorismo em congressos de renome nacional como o ENEGEP (Encontro Nacional de Engenharia de Produção) e internacional como Congresso Internacional Six Sigma Brasil. No ambiente acadêmico atua como professor de cursos de Graduação e Especialização nas áreas de Gestão e Empreendedorismo. Empreendedor serial, teve a oportunidade de participar de empreendimentos em diversos segmentos. Fundador do Grupo Voitto, foi selecionado no Programa Promessas Endeavor, tendo a oportunidade de receber valiosas mentorias para aceleração de seus negócios. Atualmente é mentor de empresas e se dedica à frente executiva da Voitto, carregando com seu time a visão de ser a maior e melhor escola on-line de gestão do Brasil.

Competências de um Gerente de Projetos, baixe agora!

QUER RECEBER CONTEÚDO VIP?

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

Respeitamos sua privacidade e nunca enviaremos spam!

voitto.com.br

© Copyright 2008 - 2024 Grupo Voitto - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

Competências De Um Gerente De Projetos

Para baixar o material, preencha os campos abaixo:

Possui graduação completa?

Concordo em receber comunicações de acordo com a Política de Privacidade.