O que é IPO?
Tenho um presente para você!
Quais as vantagens e desvantagens do IPO?
Como investir em IPO?
Se você chegou até aqui, eu tenho uma pergunta para você…

Saiba como investir em IPO e diversificar sua carteira de ações

O IPO é uma oportunidade de investimento para tornar-se acionista de uma empresa. Além disso, ele é um passo importante para as companhias. Entenda o porquê.

Thiago Coutinho
Por: Thiago Coutinho
Saiba como investir em IPO e diversificar sua carteira de ações

Muitas pessoas que querem comprar ações pensam em investir em um IPO. Ele é uma opção muito atrativa por vários motivos.

Ao fazer um IPO, a empresa precisa atingir uma série de requisitos de administração que podem beneficiar sua posição no mercado. Para os investidores, isso representa uma nova oportunidade de aumentar seus rendimentos.

Por isso, vamos te explicar, passo a passo, como participar de um IPO, além dos seguintes tópicos:

  • O que é IPO?
  • Quais as vantagens e desvantagens do IPO?
  • Como investir em IPO?

O que é IPO?

Grupo de pessoas analisando dados do mercado financeiro para investir em um IPO de uma empresa.


IPO é um termo que vem do inglês “Initial Public Offer”, e significa “Oferta Pública Inicial”. Na prática, é a venda de títulos ao público de ofertas primárias.

Ou seja, é uma empresa não listada (que ainda não faz parte da bolsa de valores) que anuncia a oferta pública inicial (IPO) para levantar fundos por meio da venda de títulos ou ações pela primeira vez ao público. O mercado primário é aquele que compra novos títulos emitidos pela primeira vez.

O preço inicial das ações geralmente é definido pelas empresas conforme o custo de emissão, processo chamado de oferta de preço fixo. Também são realizadas pesquisas junto ao mercado para verificar o interesse na compra das ações para definir seu valor, o que é conhecido como oferta de bookbuilding.

Antes de um IPO, uma empresa é considerada privada. Após listar na bolsa de valores, a empresa torna-se uma empresa de capital aberto e suas ações podem ser negociadas livremente no mercado aberto.

O IPO é usado por pequenas e médias empresas, startups e outras novas empresas para expandir e melhorar seus negócios existentes. Ele é um grande passo para uma companhia, pois fornece a ela acesso para levantar muito dinheiro.

Esse capital pode ser usado para financiar pesquisas, despesas, reduzir dívidas e explorar outras oportunidades. Um IPO também traz mais transparência aos negócios, já que é necessário informar os números financeiros e atender a determinados critérios.

Além da maior atenção, a transparência e credibilidade da listagem de ações pode ser um fator para ajudar o negócio a obter melhores condições ao buscar empréstimos.

O IPO de uma empresa também é um momento importante para os atuais investidores privados, pois normalmente inclui um prêmio de ação para eles.

Dessa forma, os proprietários da empresa que ajudaram o negócio a crescer, como os fundadores, família, amigos e investidores profissionais, como incubadoras e investidores-anjo, também são beneficiados.

Tenho um presente para você!

Já pensou em como seria mais fácil se existisse uma planilha onde você consegue fazer uma análise financeira completa da sua empresa? E se te falarmos que criamos isso para você?

Faça o download agora da nossa planilha de Mapa de Analise Financeira, ela é totalmente editável para você preencher com os seus próprios dados e verificar a situação econômico-financeira.

Clique aqui e faça o download!

Quais as vantagens e desvantagens do IPO?

Além de levantar capital para a empresa, o IPO apresenta diversas outras vantagens.

As empresas que têm suas ações listadas publicamente conseguem aumentar sua exposição, o prestígio e a imagem, o que pode ajudar nas vendas e nos lucros. Ainda, todos os investidores da bolsa de valores podem ter acesso à compra de ações, o que quer dizer que a empresa tem mais possibilidades de levantar o capital.

Ou seja, a empresa pode levantar fundos adicionais no futuro com  ofertas secundárias porque já tem acesso aos mercados públicos por meio do IPO.

Para os investidores, isso significa uma maior possibilidade de diversificação da carteira, bem como uma perspectiva de ganho de lucro maior, já que compra as ações antes de elas chegarem ao mercado.

As empresas públicas também podem atrair e reter funcionários qualificados por meio de participação no capital líquido. Muitas empresas remuneram executivos ou outros colaboradores por meio de ações no IPO.

Outro benefício é o aumento da transparência, já que a companhia se compromete a divulgar relatórios financeiros. Isso ajuda a empresa a conseguir  termos de empréstimo de crédito mais favoráveis ​​do que uma empresa privada. Além disso, negociações de aquisição e outras operações são facilitadas.

Entretanto, o IPO pode apresentar algumas desvantagens.

A empresa é obrigada a divulgar informações financeiras, contábeis, fiscais e outras informações comerciais. Assim, pode ser necessário revelar publicamente segredos e métodos de negócios que podem ajudar os concorrentes.

Esses relatórios também demandam maior tempo, esforço e atenção. As flutuações no preço das ações de uma empresa podem ser uma distração para a administração, que pode ser compensada e avaliada com base no desempenho das ações em vez de resultados financeiros reais.

Também surgem custos legais, contábeis e de marketing significativos. Por exemplo, há um risco maior de a empresa se envolver em questões legais ou regulatórias, como ações judiciais coletivas e dos investidores. Por isso, um IPO é caro, e os custos de manutenção de uma empresa pública são maiores.

Para os investidores, o IPO pode representar uma decisão de investimento de risco maior do que as ações já listadas. No início da venda, os preços tendem a se regular. Muitas vezes, as ações das empresas podem sofrer uma desvalorização inicial.

Como investir em IPO?

Os investidores que aplicam em um IPO podem obter retornos consideráveis se fizerem uma pesquisa cautelosa e fundamentada.

O primeiro passo para fazer um investimento desse tipo é escolher uma empresa que esteja abrindo o seu capital. Você pode verificar as listas das empresas que solicitaram a abertura de capital no site da Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Ele é o órgão que vai regulamentar o processo.

Após isso, junte informações sobre a empresa. Leia o prospecto do IPO cuidadosamente para ter uma ideia informada sobre o plano de negócios da empresa e seu propósito para levantar ações no mercado. Também fique atento às métricas financeiras da empresa, como o Lucro Líquido, ROE, entre outros.

Depois, você precisa ter uma conta em uma corretora que esteja participando do IPO. Lá, você irá fazer uma reserva das ações que pretende adquirir, fazendo o pagamento de uma parte do valor.

Após isso, a ação tem seu preço final definido com base no preço inicial estipulado e a demanda de investidores. Ainda, é realizada uma verificação para se ter noção da demanda do mercado em relação ao título.

Por fim, as ações podem ser negociadas no mercado financeiro.

Se você chegou até aqui, eu tenho uma pergunta para você…

Você já teve dúvidas na hora de escolher o melhor investimento para o seu dinheiro? Qual a melhor maneira de analisar qual investimento traz a melhor relação de risco e retorno? E como seria se você soubesse analisar essas variáveis na hora de escolher um investimento?

Com o curso de Gestão Financeira e Análise de investimentos você irá aprender conceitos importantes e acabar de uma vez com essas dúvidas!

Você irá aprender sobre como entender uma DRE, analisar um Balanço Patrimonial, Fluxo de Caixa e Gestão do Capital de Giro.

Também será capaz de compreender indicadores financeiros como ROA, ROI, entre outros, além de aprender um método passo a passo para analisar seus investimentos.

Cliquena imagem abaixo e se inscreva no curso de Gestão Financeira e Análise de Investimentos!

Gestão Financeira e Análise de Investimentos

Thiago Coutinho

Thiago Coutinho

Thiago é formado em Engenharia de Produção, pós-graduado em estatística e mestre em administração pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Black Belt em Lean Six Sigma, trabalhou com metodologias para redução de custos e otimização de processos na Votorantim Metais, ingressando posteriormente na MRS Logística como trainee, onde ocupou posições de gestor e especialista em melhoria contínua. Com certificação Microsoft Office Specialist (MOS®) e Auditor Lead Assessor ISO 9001, atendeu a diversas empresas em projetos de consultoria, além de treinamentos e palestras relacionadas a Lean Seis Sigma, Carreira e Empreendedorismo em congressos de renome nacional como o ENEGEP (Encontro Nacional de Engenharia de Produção) e internacional como Congresso Internacional Six Sigma Brasil. No ambiente acadêmico atua como professor de cursos de Graduação e Especialização nas áreas de Gestão e Empreendedorismo. Empreendedor serial, teve a oportunidade de participar de empreendimentos em diversos segmentos. Fundador do Grupo Voitto, foi selecionado no Programa Promessas Endeavor, tendo a oportunidade de receber valiosas mentorias para aceleração de seus negócios. Atualmente é mentor de empresas e se dedica à frente executiva da Voitto, carregando com seu time a visão de ser a maior e melhor escola on-line de gestão do Brasil.

Clique aqui e inscreva-se!

QUER RECEBER CONTEÚDO VIP?

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

Respeitamos sua privacidade e nunca enviaremos spam!

voitto.com.br

© Copyright 2008 - 2024 Grupo Voitto - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

[Curso] Gestao Financeira Analise De Investimentos

Para baixar o material, preencha os campos abaixo:

Possui graduação completa?

Concordo em receber comunicações de acordo com a Política de Privacidade.