ANIVERSÁRIO VOITTO

A MAIOR OFERTA DO ANO! TODO SITE COM ATÉ50% OFF

Como aprender a programar?
Pronto para alçar novos voos?

Descubra os primeiros passos para aprender a programar de forma simples!

Quer aprender a programar, mas não sabe como começar? Confira, nesse artigo, 7 dicas que vão te ajudar a entender sobre programação

Thiago Coutinho
Por: Thiago Coutinho
Descubra os primeiros passos para aprender a programar de forma simples!

As linguagens de programação estão tomando conta de tudo, isso é fato. Por isso, aprender a programar é muito importante. Do contrário, você pode ficar atrás de muita gente que decidiu aprender sobre o assunto.

E qualquer pessoa que tiver interesse no assunto pode aprender programação. Por isso, vamos te mostrar 7 dicas para te ajudar nesse caminho, seja você um iniciante, ou um programador que queira aprender uma nova linguagem.

Mas antes de começarmos, de fato, você sabia que programação está entre as habilidades do profissional do futuro? Isso é o que diz um estudo feito pelo Fórum Econômico Mundial!

Descubra quais são as habilidades do profissional do futuro!

Agora vamos ao que interessa!

Como aprender a programar?

Para aprender a programar é simples: você precisa apenas de um computador e força de vontade.

Os profissionais que possuem conhecimento em programação estão ganhando mais destaque dentro do mercado de trabalho. Inclusive, podemos ver que a demanda por esse tipo de colaborador tem aumentado.

Se você quer aproveitar essa oportunidade e iniciar seus estudos, você está no lugar certo! Abaixo, trouxemos 7 dicas práticas para você dar seus primeiros passos e aprender como programar. Confira!

1. Comece com o básico

Para aprender a programar, é muito importante começar com coisas mais simples. Aprenda conceitos básicos, como lógica de programação e algoritmos, que vão criar os fundamentos para fazer programas mais estruturados e complexos.

Busque exercícios que te auxiliem nisso. Softwares de aprendizagem como o VisuAlg e construção de fluxogramassão exemplos de atividades didáticas básicas para seu aprendizado em programação. Qualquer um pode aprender a programar, basta ter paciência e força de vontade.

2. Escolha uma linguagem

Normalmente, em cursos de graduação que envolvem programação, como Ciências da Computação, os alunos começam a aprender a programar em C. Isso porque C é uma linguagem completa e serve de base para diversas outras, como C# e C++.

Porém, existem muitas outras linguagens de programação, e você pode escolher qualquer uma, dependendo do seu interesse. Se você quer ser um desenvolvedor web, por exemplo, aprender HTML e CSS é fundamental.

Caso você seja um programador mais voltado ao back-end, opções como Java também são ótimas. E não podemos deixar de citar o popular Python, uma linguagem de programação muito versátil que tem diversas aplicações.

E por falar em Python, se você tem interesse em aprender como usar essa linguagem de programação para resolver problemas e processamento de dados, eu tenho uma super dica para você!

Recomendação de sucesso!

Nos últimos anos a o crescimento da linguagem Python foi enorme. Grandes sites como GitHubStack Overflow e TIOBE mostram como a popularidade dessa linguagem aumentou, se tornando a segunda linguagem mais amada, segundo a pesquisa do Stack Overflow com milhares de desenvolvedores.

Além disso, o mercado de trabalho procura, cada vez mais, profissionais capacitados que sabem como utilizar o máximo da linguagem.

Foi pensando nisso que desenvolvemos o curso Fundamentos Essenciais para Python. Nele, você aprenderá os principais pilares da linguagem e da programação para que você se torne o profissional que o mercado procura e faça parte dessa comunidade de apaixonados pelo Python.

Tá esperando o que? Clique na imagem abaixo e garanta seu acesso GRATUITO ao curso Fundamentos Essenciais para Python!

Fundamentos essenciais para Python - Clique e aprenda agora mesmo!

Seja qual for a sua preferência, escolha aprender a programar em uma linguagem que satisfará suas necessidades, seja por simples interesse, para um projeto ou para se posicionar no mercado de trabalho, trazendo oportunidades em grandes empresas de tecnologia. O importante é aprender!

3. Escolha um editor de texto e um compilador

Quando você construir seus códigos, logo verá o quanto um bom editor de texto faz a diferença. O editor de texto é o programa que você usará para escrever os algoritmos. Por isso, quanto mais ferramentas ele tiver, melhor será sua experiência.

Bons exemplos de editores de texto são o Notepad++, Sublime Text e Visual Studio Code. Eles têm ferramentas de localização de texto, marcação de linhas, gravação de macros, entre várias outras.

Outro elemento com o qual você irá se deparar é o compilador. O compilador é um programa que irá traduzir o código que você escreve para uma linguagem que a máquina entenda.

Você pode escolher um compilador que esteja dentro de um IDE (Integrated Development Environment - "Ambiente de Desenvolvimento Integrado"). O IDE é um software que reúne as ferramentas de apoio necessárias para fazer uma aplicação.

Normalmente, ele conta com um editor de texto, um compilador e um debugger (que testa os programas e aponta as falhas). Alguns exemplos que você pode optar são o Code Blocks e o Visual C++.

Uma boa opção também é utilizar o Google Colab, que é uma ferramenta criada para aqueles que desejam aprender a programar em Python. Ela é online, e utiliza os próprios servidores da Google para executar o código.

Outro ponto importante é o sistema operacional que você utiliza para rodar seus códigos. Principalmente no início, use o que você achar mais confortável, seja Linux, Mac ou Windows. Entretanto, alguns programadores preferem o Linux por ser mais experimental.

4. Utilize ferramentas online

Uma das vantagens de estudar programação é que existe material de aprendizagem em abundância na internet. Boa parte de tudo o que se deseja fazer já está documentado em algum fórum ou site didático.

Alguns exemplos disso são sites sobre programação como o W3Schools, freeCodeCamp e Khan Academy, que associam teoria à prática, por meio de explicações e exercícios interativos com os alunos. Com eles, é possível aprender desde funções básicas até funcionalidades complexas de diversas linguagens diferentes.

Além disso, um bom modo de aprender é tirando dúvidas em fóruns ou sites como StackOverflow. Essas plataformas possibilitam o contato entre novatos e programadores experientes, criando uma comunidade dinâmica que é sempre disposta a ajudar.

5. Pratique

Assim como qualquer outro tipo de conhecimento, você só conseguirá aprender efetivamente se praticar. Muitas pessoas ficam apenas na teoria quando começam a programar, mas isso não é bom. A programação pode se tornar cansativa.

Ler sobre as funções e variáveis com certeza é útil, mas é colocando a mão na massa que você realmente deve aprender esses conceitos. É escrevendo o código, rodando e testando que se aprende a programar. Surgirão bugs, trechos difíceis e uma série de outros problemas que, ao serem resolvidos, agregarão novos conhecimentos.

E tão importante quanto aprender é ensinar. Conforme você for evoluindo, entre em fóruns de discussão e contribua com a comunidade. Igualmente, pergunte sempre que for necessário.

6. Faça projetos pessoais

Estabelecer pequenos projetos é um bom modo de aprender novas coisas, treinar e testar suas habilidades. Você pode programar uma fechadura eletrônica, fazer um sistema de alimentação temporizado para animais domésticos, um site pessoal, entre outros exemplos.

Essa é uma ótima maneira de aprender na prática, com coisas que você poderá realmente utilizar. Além disso, é possível aprender mais sobre a parte de hardwaretambém, que pode ser muito importante para um programador.

Isso te dará alguma experiência, maior segurança e ânimo para prosseguir com seus estudos em programação. Quando vemos o conhecimento se materializando em projetos concluídos, nos sentimos motivados para aprender mais.

7. Faça um curso

Existem diversos cursos online disponíveis para quem quer aprender a programar. Porém, caso você queira algo mais formal, existem diversos cursos superiores na área de tecnologia que você pode seguir.

Os principais são Ciências da Computação, Engenharia da Computação, Gestão em Tecnologia da Informação e Sistemas de Informação. Todos esses cursos são graduações que envolvem diretamente a programação de computadores.

Você pode também fazer cursos de especialização em alguma área específica, como Bancos de Dados, Web Design, Criação de Jogos, entre outros. Esse tipo de curso geralmente tem mais enfoque no mercado de trabalho, e pode ser feito presencialmente ou à distância.

Ainda existe a opção de ter uma experiência presencial e imersiva onde o estudante fica em contato intenso com o mundo da programação, e poderá aprender a maior quantidade de conhecimento possível.

Pronto para alçar novos voos?

Confira o Ebook gratuito Guia de carreira para novos cientistas de dados e confira mais sobre a carreira de novos cientistas de dados.

Você aprenderá como dar início na carreira de dados, em quais áreas aperfeiçoar suas habilidades e entenderá por que o cientista de dados é um dos mais buscados pelo mercado.

Se interessou? Não perca essa oportunidade e baixe agora o nosso eBook.

Guia de carreira para novos cientistas de dados

Thiago Coutinho

Thiago Coutinho

Thiago é formado em Engenharia de Produção, pós-graduado em estatística e mestre em administração pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Black Belt em Lean Six Sigma, trabalhou com metodologias para redução de custos e otimização de processos na Votorantim Metais, ingressando posteriormente na MRS Logística como trainee, onde ocupou posições de gestor e especialista em melhoria contínua. Com certificação Microsoft Office Specialist (MOS®) e Auditor Lead Assessor ISO 9001, atendeu a diversas empresas em projetos de consultoria, além de treinamentos e palestras relacionadas a Lean Seis Sigma, Carreira e Empreendedorismo em congressos de renome nacional como o ENEGEP (Encontro Nacional de Engenharia de Produção) e internacional como Congresso Internacional Six Sigma Brasil. No ambiente acadêmico atua como professor de cursos de Graduação e Especialização nas áreas de Gestão e Empreendedorismo. Empreendedor serial, teve a oportunidade de participar de empreendimentos em diversos segmentos. Fundador do Grupo Voitto, foi selecionado no Programa Promessas Endeavor, tendo a oportunidade de receber valiosas mentorias para aceleração de seus negócios. Atualmente é mentor de empresas e se dedica à frente executiva da Voitto, carregando com seu time a visão de ser a maior e melhor escola on-line de gestão do Brasil.

Primeiros passos com Python, baixe agora!

QUER RECEBER CONTEÚDO VIP?

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

Respeitamos sua privacidade e nunca enviaremos spam!

voitto.com.br

© Copyright 2008 - 2024 Grupo Voitto - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

Primeiros Passos Com Python

Para baixar o material, preencha os campos abaixo:

Possui graduação completa?

Concordo em receber comunicações de acordo com a Política de Privacidade.