ANIVERSÁRIO VOITTO

A MAIOR OFERTA DO ANO! TODO SITE COM ATÉ50% OFF

Finanças pessoais e investimentos: qual a relação?
Conceitos financeiros que você precisa saber antes de investir
Você pode começar agora!
Super dica!

Conheça os conceitos de finanças essenciais para você começar a investir

Já ouviu falar que dívidas são uma âncora? Veja esse e outros conceitos importantes em finanças, que podem ajudar você a ganhar dinheiro!

Parceiro
Por: Parceiro
Conheça os conceitos de finanças essenciais para você começar a investir

Na hora de investir seu dinheiro, você pode optar por vários modos de fazer. Podem ser aplicações no banco, em ações e até em bens.

Só que, antes disso, é preciso tomar alguns cuidados. Começando por ter atenção ao seu orçamento e alguns conceitos importantes sobre finanças.

Dessa forma, será mais simples realizar qualquer aplicação, com mais chances de bons resultados. A seguir, contamos tudo que você precisa descobrir. Acompanhe nos próximos tópicos!

  • Finanças pessoais e investimentos: qual a relação?
  • Conceitos financeiros que você precisa saber antes de investir
  • Você pode começar agora!
  • Super dica

Vamos lá?

Finanças pessoais e investimentos: qual a relação?

Cuidar das suas finanças pessoais é algo fundamental para fazer investimentos. Isso porque, é com o controle do orçamento que você poderá poupar dinheiro para investir.

Podem ser investimentos de vários tipos. Na Bolsa de Valores, no banco (como o CDB) ou mesmo no investimento em um bem que você deseja, como um imóvel.

O ponto é que, para qualquer um desses, você precisará ter o orçamento organizado. Afinal, não será saudável deixar de pagar contas para investir, na verdade você precisa poupar para investir. Assim, terá a certeza de não acumular dívidas, nem ter dores de cabeça com as finanças.

Com o kit Gestão Financeira, você receberá 21 planilhas para controlar as finanças na sua empresa e até mesmo na sua vida pessoal.

Aprenda com ele a organizar: Análise de Ponto de Equilíbrio, Análise de Produto por Giro de Venda, Balanço Socioambiental, Contas a receber, Controle de Cheque , Controle de Comissão de Vendas, Controle de Orçamento e Despesas, Controle Financeiro de Vendas, Cotação de Preços, Custos de Fabricação, Fluxo de Caixa com Análise bancaria, Caixa Diária, Por Centro de Custo, Gestão de Compras, Indicadores Financeiros, Investimento Iniciais para abertura de Negócios, Mapa de Análise Financeira, Margem de Contribuição e Lucratividade, Necessidade de Capital de Giro e Precificação de Produto.

Vai ficar de fora desse KIT de Gestão financeira recheado de conteúdo rico? Bora crescer com a gente!

Banner do Kit de Planilha

Conceitos financeiros que você precisa saber antes de investir

Na hora de investir seu dinheiro, existem alguns conceitos que podem ajudar bastante. Veja abaixo.

Sem planejamento não é possível ir além

O planejamento é a etapa inicial de qualquer investimento que você deseja fazer. É preciso fazer um plano de como será esse investimento, o quanto ele vai custar e como você vai conseguir o dinheiro.

Comece entendendo sua vida financeira hoje. Quanto você ganha e quanto gasta, e o que poderia economizar.

A partir daí, você poderá traçar passos para seguir e conseguir poupar dinheiro. Então, vai poder investirno que deseja, sem qualquer prejuízo à sua vida financeira.

Tempo pode ser seu aliado

O tempo é um aliado de qualquer investidor. Primeiro porque, com o passar dos meses, você pode acumular mais e mais dinheiro para conseguir investir.

Depois, o tempo será essencial para fazer os valores renderem. Principalmente se você aplicar o dinheiro na Bolsa, em CDBs ou outros investimentos.

Principalmente nos investimentos no banco, quanto mais o dinheiro permanece aplicado, maior o seu retorno.

Dívidas podem ser uma âncora financeira

Ter dívidas dificulta muito poupar e, depois, aplicar dinheiro. Em qualquer coisa. Porque veja só: se você tem débitos em aberto, parte da sua renda precisa ser aplicada em seu pagamento.

Ou ainda, você não consegue pagar as dívidas e vai deixando acumular. E então, depois, quando percebe, elas estão muito mais caras e difíceis de pagar.

Sem contar que as dívidas geram muita dor de cabeça e tornam mais difícil ver além. Uma solução pode estar bem na sua frente, mas a preocupação com os débitos não deixam você “vê-las”.

Por isso é comum ouvir que as dívidas podem ser uma âncora financeira. Logo, a dica é se livrar delas o quanto antes possível.

O primeiro passo é identificar o tamanho do débito. A partir daí é possível definir qual a melhor opção para você. Nesse caso você pode tentar negociar sua dívida online, conseguindo descontos no valor final.

Se necessário, uma outra forma que você pode usar para sair das dívidas é obter um empréstimo para isso. Essa será uma estratégia vantajosa se o débito em aberto tiver juros mais caros que o CET do crédito.

Pagando as dívidas, você ficará apenas com o empréstimo em aberto. Então, pode ser mais barato quitá-lo. Além disso, ele facilitará sua organização, uma vez que será uma parcela única todo mês.

Sem metas você não terá prioridades

Para cuidar do orçamento, você precisa ter metas. Não precisa ser algo grande, como comprar um imóvel. Uma simples meta de poupança é suficiente. Por exemplo, economizar X valor por mês.

Se você tem um objetivo a alcançar, começa a agir em prol dele. Inclusive cuidando do orçamento: ganhando mais, evitando gastos supérfluos, economizando no dia a dia etc.

Enquanto isso, sem metas, você não terá o que perseguir. Isso tende a tornar a sua vida financeira muito mais desregrada, e os resultados serão ruins.

É preciso acompanhamento constante

Seu orçamento não é o mesmo hoje do que foi no ano passado. Nem será o mesmo amanhã em relação ao que é hoje.

O mesmo vale para investimentos, especialmente aplicações financeiras. Não é porque eles tiveram bom retorno antes, que também terão agora.

Por isso, é essencial acompanhar tudo de perto. Seu orçamento, seus gastos e seus investimentos. Com atenção constante às finanças, fica mais fácil fazer mudanças rápidas e benéficas.

Você pode começar agora!

Apesar do que dissemos antes, você não precisa acumular montanhas de dinheiro para começar a investir. Uma simples economia e um valor mínimo podem ser suficientes. Assim você não precisará esperar.

Muitos bancos, por exemplo, têm investimentos bem em conta para os clientes, alguns até utilizam valores investidos para possibilitar aumento de limite no cartão de crédito, por exemplo.

O importante é planejar esse investimento, seja ele de qualquer tipo ou valor. Assim, você terá mais segurança de tomar uma boa decisão e colher seus frutos.

Interessante, não é mesmo?

Sem dúvida, a palavra-chave para fazer um investimento é “planejamento”. Como contamos antes, você precisa planejar seu orçamento, compreendendo tudo muito bem.

Precisa também planejar suas metas e modos de fazer. Afinal de contas, existem várias formas de aplicar dinheiro, e cada uma delas é mais indicada para valores e perfis diferentes.

Se você ainda tem dúvidas sobre como investir, pode continuar sua leitura no nosso artigo: Primeiro investimento: onde começar a investir?

De qualquer forma, lembre-se que, na hora de fazer um investimento, você precisa ser realista. Principalmente online, existem várias oportunidades que prometem rendimentos absurdos.

O problema é que muitas delas são golpes. Você deve ter ouvido falar recentemente sobre o golpe de estelionato que prejudicou vários famosos recentemente, não é mesmo?

Como diz o ditado popular: “quando a esmola é demais, o santo desconfia”. Ou seja, tenha a certeza de pesquisar bem antes de investir. Pode ser em qualquer coisa, desde uma aplicação no banco até a compra de um imóvel.

Se os resultados prometidos forem muito diferentes do resto do mercado, dê um passo atrás. Aplicar em oportunidades que prometem muito podem fazer você perder dinheiro e ter muitas dores de cabeça.

Mas com cuidado e atenção aos conceitos de finanças que apresentamos, sua aplicação tem tudo para ser um sucesso. Basta se organizar, planejar tudo e investir!

Super dica!

Você já teve dúvidas na hora de escolher o melhor investimento para o seu dinheiro? Qual a melhor maneira de analisar qual investimento traz a melhor relação de risco e retorno? E como seria se você soubesse analisar essas variáveis na hora de escolher um investimento?

Com o curso de Gestão Financeira e Análise de investimentos você irá aprender conceitos importantes e acabar de uma vez com essas dúvidas!

Você irá aprender sobre como entender uma DRE, analisar um Balanço Patrimonial, Fluxo de Caixa e Gestão do Capital de Giro.

Também será capaz de compreender indicadores financeiros como ROA, ROI, entre outros, além de aprender um método passo a passo para analisar seus investimentos.

Cliquena imagem abaixo e se inscreva no curso de Gestão Financeira e Análise de Investimentos!

Gestão Financeira e Análise de Investimentos

Clique aqui e inscreva-se!

QUER RECEBER CONTEÚDO VIP?

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

Respeitamos sua privacidade e nunca enviaremos spam!

voitto.com.br

© Copyright 2008 - 2024 Grupo Voitto - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

[Curso] Gestao Financeira Analise De Investimentos

Para baixar o material, preencha os campos abaixo:

Possui graduação completa?

Concordo em receber comunicações de acordo com a Política de Privacidade.