CURSO GRATUITO

INSCRIÇÕES ATÉ

21/06

Inscreva-se agora

O que é uma Linguagem de Programação?
Como surgiram as Linguagens de Programação?
Linguagens de Programação na evolução tecnológica
Como funciona uma Linguagem de Programação?
Tipos de Linguagem de Programação
Linguagens de Programação mais utilizadas
Que tal desenvolver o seus conhecimentos?

Entenda o que é uma Linguagem de Programação e como são utilizadas!

Está interessado em aprender programação, mas não sabe como começar? Explicaremos os principais conceitos e usos das Linguagens de Programação.

Thiago Coutinho
Por: Thiago Coutinho
Entenda o que é uma Linguagem de Programação e como são utilizadas!

A Linguagem de Programação é uma linguagem formal que através de um conjunto de regras de sintaxe e semântica, permite a criação de diversos  programas.

Saber alguma linguagem de programação é muito importante para o desenvolvimento profissional. Isso porque a programação é uma das áreas que crescem cada vez mais devido a sua importância para as empresas e para as pessoas.

Suas aplicações são as mais diversas, podendo ser utilizadas em: desenvolvimento web, animação e criação de softwares. Basicamente todos os equipamentos elétricos ou eletrônicos hoje em dia utilizam um processador e uma programação, mesmo que rudimentares.

Percebeu como a linguagem de programação está presente no nosso cotidiano?

Por meio dos seguintes tópicos, explicaremos mais sobre esse assunto:

  • O que é uma Linguagem de Programação?
  • Como surgiram as Linguagens de Programação?
  • Qual a relação entre a Linguagem de Programação e a evolução tecnológica?
  • Como funciona uma Linguagem de Programação?
  • Tipos de Linguagem de Programação;
  • Linguagens de Programação mais utilizadas.

Quer entender o que é uma Linguagem de Programação? Então continue a leitura!

O que é uma Linguagem de Programação?

Uma linguagem de programação é um conjunto de instruções pelas quais os humanos interagem com computadores. Os computadores, por sua vez, são máquinas que trabalham com um tipo específico de processamento de informação: a linguagem binária.

Então, a linguagem de programação serve como um tradutor, que transforma palavras-chave e símbolos que você entende em algo que a máquina consiga compreender, para executar determinada tarefa.

Porém, como qualquer tipo de linguagem de comunicação, a programação segue um conjunto de regras sintáticas e semânticas, que dão sentido e lógica ao que está sendo dito. Essas normas constituem a chamada lógica de programação.

Como surgiram as Linguagens de Programação?

O primeiro computador criado foi o ENIAC, em 1942. Nessa época, os computadores eram programados manualmente, alterando fisicamente os circuitos e fios elétricos, para executar a ação desejada.

Essas operações eram muito cansativas, e os engenheiros logo começaram a desenvolver tecnologias para facilitar a programação. Nomes como John Von Neumann são lembrados até hoje por serem pioneiros no assunto.

A primeira grande linguagem de programação parecida com as que temos hoje foi desenvolvida pela IBM, sendo chamada de FORTRAN. Ela concretizou conceitos estabelecidos por Neumann, como a condicional IF e variáveis lógicas como TRUE (verdadeiro) ou FALSE (falso).

Incrível, não é mesmo? A partir disso, diversas outras linguagens de programação foram desenvolvidas, que hoje possuem infinitas aplicações que trouxeram evolução para nossas vidas.

Linguagens de Programação na evolução tecnológica

Como vimos anteriormente, as linguagens de programação facilitaram a interação entre nós e os computadores. Por isso, houve uma evolução muito significativa na capacidade das máquinas, executando tarefas complexas de uma maneira bastante simples.

Inicialmente, os computadores eram, em sua maioria, usados em funções militares, sendo basicamente grandes calculadoras.

Com o desenvolvimento das linguagens de programação e novas tecnologias de hardware, as linguagens passaram a ter outros tipos de função. Aí surgiram os computadores pessoais e, posteriormente, os celulares e tablets.

Além disso, a maior parte das máquinas agora utiliza um microprocessador programado para executar tarefas. Eles estão presentes em máquinas industriais, painéis de carros, televisões e diversos outros dispositivos. Impressionante, não é?

Hoje em dia, as linguagens de programação estão presentes em boa parte do cotidiano: são usadas para construir websites, desenvolver inteligência artificial, criar jogos, programar nossos smartphones, automatizar a produção de artigos, entre várias outras aplicações.

Como funciona uma Linguagem de Programação?

Um computador entende as coisas de uma maneira bem específica: 0 ou 1, o chamado sistema binário. De acordo com a combinação desses números, ele executa diferentes tarefas.

Esse modo de “pensar”, ou linguagem, é chamado de código de máquina, sendo o tipo de linguagem de programação mais básica que podemos encontrar.

Porém, para nós, humanos, essa linguagem é muito complexa, principalmente se pensarmos em larga escala. Por isso, existem diferentes níveis de linguagem que aproximam nossa comunicação com o modo de interpretar de um computador.

O primeiro nível de programação acima do código de máquina é a linguagem Assembly.

Ela é uma linguagem que serve para comandar o microprocessador e, ao mesmo tempo, ser acessível para humanos. O código escrito em Assembly é convertido em código de máquina pelo Assembler ou, em português, “montador”.

Entretanto, essa linguagem ainda é muito limitada para o que normalmente queremos fazer. Por isso, a maior parte dos programadores hoje utilizam linguagens mais avançadas para construir seus programas.

São linguagens com maior nível de abstração e mais próximas a algo que conseguimos entender. Elas têm mais funcionalidades e aplicações, dando possibilidade de programar códigos mais complexos.

Os códigos constituem os algoritmos, que são nada mais que uma sequência de passos claros e objetivos que a máquina deverá seguir. A pessoa que escreve esses códigos é o programador.

Quando ele utiliza linguagens mais estruturais, como linguagens de protocolo e interação com banco de dados (como PHP e Java), é chamado de programador back-end.

Já quem trabalha com linguagens voltadas à utilização do usuário, como CSS e HTML, são os programadores front-end. O desenvolvedor que utiliza os dois tipos é chamado de full-stack.

O código fonte programado na linguagem escolhida é transformado em Assembly e, depois, em código de máquina.

Desde que esteja escrito corretamente, ele pode rodar em qualquer equipamento que possua um microprocessador.

Cada linguagem tem seu tipo definido baseado no quão próxima ela é da linguagem de máquina.

Tipos de Linguagem de Programação

Como falamos, existem diferentes níveis de linguagens de programação. Eles são definidos de acordo com a “distância” entre o hardware e a linguagem. São eles:

Linguagens de baixo nível

As linguagens de baixo nível são aquelas mais próximas do sistema binário. Estão incluídas aí as já mencionadas Assembly e código de máquina. Elas fazem a conexão direta entre programas e hardware.

Linguagens de alto nível

Uma linguagem de programação de alto nível, por sua vez, é muito mais próxima da linguagem humana, facilitando bastante a vida do programador. Normalmente, é de fácil escrita e de alta abstração.

Por isso, o processo de conversão delas para a linguagem de máquina é mais complexo. Ela pode ser feita por tradutores ou compiladores.

Como exemplos, podemos citar a linguagem C e C++, Java e Python.

Linguagens de Programação mais utilizadas 

Devido a características como facilidade e legibilidade, algumas linguagens de programação conquistam o favoritismo dos desenvolvedores.

JavaScript

A Linguagem JavaScript, também conhecida como JS, foi criada em 1996 por Brendan Eich. É uma linguagem de programação de alto nível e é utilizada para desenvolver aplicações de alta complexidade.

Com essa linguagem é possível desenvolver animações, aplicativos para dispositivos móveis, jogos, páginas dinâmicas e muito mais. O JavaScript atua junto ao CSS e HTML no desenvolvimento web na parte do front-end.

A linguagem é considerada de fácil entendimento, sendo uma boa escolha para pessoas que estão começando a aprender sobre desenvolvimento web.

Embora tenha Java em seu nome, JavaScript não é Java!

Exemplo de código em JavaScript:

Exemplo de código em JavaScript.

Python

A Linguagem Python foi lançada em 1991 por Guido van Rossum. É uma linguagem de programação de alto nível e pode ser uma linguagem muito versátil, pode ser utilizada para a construção de aplicativos móveis, para análise de dados, para inteligência artificial e várias outras aplicações.

A linguagem foi desenvolvida para ser de fácil entendimento, tendo muitas semelhanças com a língua inglesa em sua sintaxe. Uma outra característica é que o Python possui código aberto, o que quer dizer que a linguagem permite modificações em seu código-fonte caso haja essa necessidade.

Por ser uma linguagem versátil e de fácil entendimento, como já comentamos, é indicada para pessoas iniciantes que começaram agora no mundo da programação. Mas não se engane! Python não é usada somente para iniciantes!

Exemplo de código em Python:

Exemplo de código de Python.

Java

A Linguagem Java foi lançada em 1995 por James Gosling. É uma linguagem de programação de alto nível e orientada a objetos, semelhante ao C++, mas com recursos mais avançados e simplificados.

A linguagem Java é conhecida como do tipo “escreva uma vez, rode em qualquer lugar”, uma vez que seus códigos escritos em um sistema operacional, podem ser transferidos para outro sistema operacional sem problemas, sendo, então, considerada uma linguagem portátil.

O Java é utilizado para diversas aplicações, podendo ser encontrado na ciência de dados, no desenvolvimento web back-end e em jogos.

Exemplo de código em Java:

Exemplo de código em Java.

SQL

A Linguagem SQL, sigla em inglês para Structured Query Language (Linguagem de Consulta Estruturada no português) foi lançada no início da década de 70 por Donald D. Chamberlin e Raymond F. Boyce.

O SQL é uma linguagem de pesquisa para banco de dados relacional, tendo sido inspirada na álgebra relacional e é uma das linguagens mais utilizadas no mundo.

É uma linguagem de fácil entendimento quando usada para aplicações básicas, uma vez que sua sintaxe se assemelha muito com a língua inglesa, então é indicada para iniciantes.

Exemplo de código em SQL:

Exemplo de código em SQL.

C++

A Linguagem C++ foi criada na década de 80 por Bjarne Stroustrup. É uma linguagem de programação que está entre o alto e o baixo nível, sendo considerada uma linguagem de nível médio. É uma versão melhorada da linguagem C, por isso o ++ no nome.

O C++ é uma linguagem orientada multiparadigma, suportando programação orientada a objetos, imperativa e genérica. Por ser uma linguagem de médio nível, pode ser complicada para iniciantes, sendo mais comumente utilizada por programadores com experiência.

A linguagem é muito versátil, podendo ser utilizada para jogos, sistemas operacionais, desenvolvimento de sistemas e muito mais.

Exemplo de código em C++:

Exemplo de código em C++.

C#

A Linguagem C# (lê-se C Sharp) foi lançada no início dos anos 2000 pela Microsoft. É uma linguagem de programação de alto nível e é parte do framework .NET (dot NET). Sua sintaxe é baseada no C++, Java e Object Pascal.

O C# é uma linguagem de programação multiparadigma e de tipagem forte e é mais fácil de ser compreendida do que o C e o C++. Embora tenha sido criada pela Microsoft, a linguagem é compatível para Linux e Windows.

Com essa linguagem é possível criar aplicativos cliente-servidor, componentes distribuídos, aplicativos de banco de dados e é também muito utilizada no desenvolvimento de jogos, sendo a linguagem base para uma das maiores plataformas de desenvolvimento de jogos, o Unity.

Exemplo de código em C#:

Exemplo de código em C#.

PHP

A Linguagem PHP (acrônimo para PHP: Hypertext Preprocessor) foi lançada em 1995 por Rasmus Lerdorf. É uma linguagem de alto nível e é muito utilizada para desenvolvimento web back-end. Ele é classificado como uma linguagem de Scripts, assim como o Python e o JavaScript.

Por ter uma sintaxe simples e de fácil entendimento, o PHP é recomendado para iniciantes. Um dos seus recursos é que ele pode ser facilmente integrado com o HTML. Uma das suas características é que ele é uma linguagem de código aberto.

Exemplo de código em PHP:

Exemplo de código em PHP.

Ruby

A Linguagem Ruby foi criada em 1995 por Yukihiro Matsumoto, com a intenção de ser uma linguagem de script. É uma linguagem interpretada multiparadigma de tipagem dinâmica e forte, suportando programação funcional, imperativa, reflexiva, orientada a objetos.

A linguagem é de fácil entendimento, tendo muitas semelhanças com o Python, sendo indicada para iniciantes.

A linguagem Ruby possui código aberto e é muito utilizada no desenvolvimento de aplicações back-end para a web, mas também pode ser utilizada para análise de dados e diversos outros recursos.

Exemplo de código em Ruby:

Exemplo de código em Ruby.

Que tal desenvolver o seus conhecimentos?

Deseja aprender mais sobre Python e não saber por onde começar?

Foi pensando nisso que desenvolvemos o Ebook Primeiros passos com Python ! Um material que é mais do que essencial para o estudo inicial de programação em Python.

Com ele você verá os principais fundamentos e sintaxes da linguagem para dar start nos conhecimentos de programação.

Seja o profissional que o mercado procura e baixe agora o nosso Ebook Primeiros passos com Python!

Primeiros passos com Python, baixe agora!

Thiago Coutinho

Thiago Coutinho

Thiago é formado em Engenharia de Produção, pós-graduado em estatística e mestre em administração pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Black Belt em Lean Six Sigma, trabalhou com metodologias para redução de custos e otimização de processos na Votorantim Metais, ingressando posteriormente na MRS Logística como trainee, onde ocupou posições de gestor e especialista em melhoria contínua. Com certificação Microsoft Office Specialist (MOS®) e Auditor Lead Assessor ISO 9001, atendeu a diversas empresas em projetos de consultoria, além de treinamentos e palestras relacionadas a Lean Seis Sigma, Carreira e Empreendedorismo em congressos de renome nacional como o ENEGEP (Encontro Nacional de Engenharia de Produção) e internacional como Congresso Internacional Six Sigma Brasil. No ambiente acadêmico atua como professor de cursos de Graduação e Especialização nas áreas de Gestão e Empreendedorismo. Empreendedor serial, teve a oportunidade de participar de empreendimentos em diversos segmentos. Fundador do Grupo Voitto, foi selecionado no Programa Promessas Endeavor, tendo a oportunidade de receber valiosas mentorias para aceleração de seus negócios. Atualmente é mentor de empresas e se dedica à frente executiva da Voitto, carregando com seu time a visão de ser a maior e melhor escola on-line de gestão do Brasil.

Fundamentos Essenciais para Python, Se inscreva!

QUER RECEBER CONTEÚDO VIP?

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

Respeitamos sua privacidade e nunca enviaremos spam!

voitto.com.br

© Copyright 2008 - 2024 Grupo Voitto - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

[Curso Gratuito] Fundamentos Essenciais Para Python

Para baixar o material, preencha os campos abaixo:

Possui graduação completa?

Concordo em receber comunicações de acordo com a Política de Privacidade.