ANIVERSÁRIO VOITTO

A MAIOR OFERTA DO ANO! TODO SITE COM ATÉ50% OFF

O que é Matriz de Causa e Efeito?
Quando usar a Matriz de Causa e Efeito?
Totalmente seu!
Como aplicar a Matriz de Causa e Efeito?
3 Benefícios da Matriz Causa e Efeito que você precisa saber!
Qual a diferença entre Diagrama e Matriz de Causa e Efeito?
Gostou desse conteúdo? Então venha ser um profissional cada vez mais completo com a Voitto!

Matriz de Causa e Efeito: aprenda o que é e como aplicar para o seu negócio!

Conheça o conceito da Matriz de Causa e Efeito, como aplicá-la e quais são seus benefícios para a resolução de problemas.

Juliana Kaíza
Por: Juliana Kaíza
Matriz de Causa e Efeito: aprenda o que é e como aplicar para o seu negócio!

Provavelmente você já ouviu falar nas ferramentas para resolução de problemas e em como elas são importantes para o melhoramento e desenvolvimento de processos, certo?


Pois nesse artigo iremos tratar de uma estratégia capaz de diminuir as causas e defeitos potenciais de uma determinada situação, a Matriz de Causa e Efeito, já que apenas conhecendo os principais motivos de uma adversidade é possível atuar de modo incisivo e eficiente sobre ela.


Então, para saber mais sobre como a Matriz de Causa e Efeito funciona e como é feita sua aplicação, continue lendo este artigo. Abordaremos os seguintes tópicos:

  • O que é Matriz de Causa e Efeito?
  • Quando usar a Matriz de Causa e Efeito?
  • Como aplicar a Matriz de Causa e Efeito?
  • 3 Benefícios da Matriz Causa e Efeito que você precisa saber!
  • Qual a diferença entre Diagrama e Matriz de Causa e Efeito?

O que é Matriz de Causa e Efeito?

Matriz de Causa e Efeito é uma ferramenta que auxilia, através da definição, identificação e priorização de causas, quais são as raízes e seus impactos dentro de um problema.


Esse tipo de matriz possibilita entender o processo sobre o qual está inserido a oportunidade, vulgo problema, de uma maneira mais analítica.


Dessa forma, depois de selecionar as variáveis que mais tem influência no resultado final, podem ser aplicadas outras ferramentas de planejamento e ação, como Brainstorming e Matriz de Força x Impacto, para alcançar uma conclusão mais eficaz e satisfatória.

Quando usar a Matriz de Causa e Efeito?

A matriz de causa e efeito pode ser usada em várias situações, porém a maneira mais comum trata-se da aplicação após o levantamento de variáveis que podem estar causando um problema, sendo necessário identificar quais são as variáveis mais significativas.


Como exemplo desse tipo de situação temos:

  • Para realizar análises de qualquer processo ou atividade dentro ou fora da empresa;
  • Na coleta de dados;
  • Quando existe divergência de opinião sobre causas e efeitos;
  • Quando é preciso avaliar a situação do cliente de forma crítica;
  • Quando trata-se de dados quantitativos;
  • Quando é preciso definir as entradas e saídas críticas do processo.

Está gostando do conteúdo? Então olha o que trouxemos para você!

Totalmente seu!

Com a metodologia Lean Seis Sigma, é possível estimular todos os colaboradores de uma organização a melhorar e otimizar seus processos, criando uma cultura enxuta de de melhoria contínua dentro da mesma.

Deseja aprender de maneira mais aprofundada sobre o Seis Sigma? Aproveite e baixe nosso ebook “O que é e como funciona o Seis Sigma?”

Com ele, você encontrará toda contextualização histórica necessária para compreender a essência da metodologia Seis Sigma. Desde os primórdios de seus conceitos até chegar no momento atual.

Além disso, você verá como ela é aplicada e o exemplo real em um estudo de caso. Não perca a oportunidade de ser aprofundar nesse assunto gratuitamente! Clique na imagem abaixo e baixe agora!

O que é e como funciona o Seis Sigma

Como aplicar a Matriz de Causa e Efeito?

As etapas para aplicação da ferramenta Matriz de Causa e Efeito são:

  1. Desenhar as linhas e colunas da matriz;
  2. Definir as saídas do processo (Y´s) que serão utilizados;
  3. Defina um peso de 5 a 10 para cada saída;
  4. Escreva todas as entradas do processo (X´s);
  5. Estabeleça a relação entre cada entrada e cada saída utilizando a seguinte legenda: 0 (não existe correlação), 1 (correlação fraca), 3 (correlação moderada) e 5 (correlação forte.);
  6. Multiplique o valor de cada célula pelo peso de cada saída;
  7. Some os valores da linha para obter a nota final.
  8. Definir as causas mais importantes com base nos maiores valores finais.

3 Benefícios da Matriz Causa e Efeito que você precisa saber!

As vantagens e os benefícios da aplicação da Matriz de Causa e Efeito consistem em:

1. Gerar um ambiente de equipe cooperativa

Reunindo profissionais com conhecimentos e experiências práticas para elaborar a matriz em conjunto.

2. Auxiliar na investigação da causa raiz

Facilitando a perspectiva sobre as causas críticas dos processos a serem analisadas.

3. Desenvolver uma maneira para reavaliar entradas ou causas

Reduzindo tempo e custo colocando o motivo antes da solução, estabelecendo as entradas e causas e, dessa forma, evitando desperdícios de recursos.

Qual a diferença entre Diagrama e Matriz de Causa e Efeito?

A diferença entre a Matriz de Causa e Efeito e o Diagrama de Causa e Efeito (Ishikawa) está na ordem de identificação e na priorização das informações levantadas.


Dessa forma, a Espinha de Peixe é recomendada para a identificação das principais entradas que serão avaliadas e priorizadas de acordo com o impacto que provoca em cada uma das saídas na Matriz de Causa e Efeito.

Diagrama de Ishikawa — Foto: Nomus


A ideia é que, as várias causas potenciais listadas no Diagrama de Ishikawa sejam levadas para a matriz de priorização e sejam filtradas com base em sua relevância, chegando às causas raiz ou também chamadas de causas prioritárias.

Gostou desse conteúdo? Então venha ser um profissional cada vez mais completo com a Voitto!

Quer aprender a usar ferramentas que irão te ajudar a definir, mensurar, analisar e propor soluções aos problemas que interferem no desempenho dos processos organizacionais de sua empresa?

Então acesse o nosso eBook "As principais ferramentas do Lean Seis Sigma"!Com ele você entenderá o conceito de Seis Sigma, bem como um compilado com as principais ferramentas utilizadas por Belts na aplicação de cada etapa do método DMAIC.

Além de se obter a definição de cada uma dessas ferramentas, para que elas servem, e como utilizar, nesse Ebook você encontra, também, dicas de aplicação utilizando o software Minitab.

Então não perca tempo e baixe agora!

Ebook As principais ferramentas do Lean Seis Sigma! Baixe agora!

Juliana Kaíza

Juliana Kaíza

Graduanda em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda na Universidade Tiradentes em Aracaju - SE. Possui certificação em Copywriting, Marketing de Conteúdo e Produção de Conteúdo para Web. Atua com produção de conteúdo na área de Pesquisa e Desenvolvimento e SEO do Grupo Voitto.

Conteúdo relacionado

QUER RECEBER CONTEÚDO VIP?

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

Respeitamos sua privacidade e nunca enviaremos spam!

voitto.com.br

© Copyright 2008 - 2024 Grupo Voitto - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

Matriz Bcg

Para baixar o material, preencha os campos abaixo:

Possui graduação completa?

Concordo em receber comunicações de acordo com a Política de Privacidade.