ANIVERSÁRIO VOITTO

A MAIOR OFERTA DO ANO! TODO SITE COM ATÉ50% OFF

Como está o Mercado de Engenharia?
7 Dicas para colocação no Mercado de Engenharia!
Melhores oportunidades para Engenharia
Especialização para Engenheiros
Do currículo ao contrato: seja o engenheiro que as empresas procuram e que a faculdade não forma.

Entenda a situação atual do Mercado de Engenharia e veja 7 dicas de como se inserir nele!

Veja as médias salariais e aprenda 7 dicas para sair na frente dos concorrentes e aumentar a sua chance de se inserir no Mercado de Engenharia.

Thiago Coutinho
Por: Thiago Coutinho
Entenda a situação atual do Mercado de Engenharia e veja 7 dicas de como se inserir nele!

A entrada no Mercado de Trabalho é sempre um momento crítico na vida de todo profissional, sendo marcada pela árdua batalha entre tantos gladiadores em busca do sonho de um bom emprego.

Mas e se eu te disser que segundo o INEP os cursos de engenharia estão entre as 10 graduações mais procuradas no Brasil?

Se você completou ou está prestes a completar a graduação, mas ainda não tem ideia do que o mercado de engenharia espera de você ou se perdeu o emprego e se sente um pouco desatualizado, então você está no lugar certo!

Em meio a tanta competição, vencerá quem estiver mais preparado. E sabe qual a melhor notícia que eu poderia te dar? Essa preparação só depende de você! Com as 7 dicas que veremos à frente, sua inserção ou recolocação no mercado será uma mera questão de tempo!

Nesse artigo você verá:

  • Como está o Mercado de Engenharia?
  • 7 Dicas para colocação no Mercado de Engenharia!
  • Melhores oportunidades para Engenharia; 
  • Especialização para Engenheiros;

Como está o Mercado de Engenharia?

Você sabia que existem mais de 30 especialidades de engenharia no Brasil?  Se você quer saber como estão as engenharias diante do mercado de trabalho, preste atenção nesse tópico!

Uma gama de engenharias estão sendo procuradas no mercado de trabalho considerando as necessidades atuais da sociedade. Veja alguns exemplos.

Mercado de Engenharia Ambiental e Sanitária

Hoje há uma demanda de nova visão da utilização de recursos, proteção ao meio ambiente e preocupação com sistemas de saneamento (relação direta à redução de muitas doenças). E é nesse contexto que o engenheiro ambiental e sanitarista entra.

E como está a engenharia ambiental no mercado? Veja os salários!

  • Sanitária: A faixa de valores fica em torno de R$9.393,34 e R$20.120,24 e a média encontrada é de R$9.657,08 (média de carga horária de 42 horas semanais).
  • Ambiental: A faixa de valores fica em torno de R$6.600,00 e R$15.950,23 e a média encontrada é de R$7.170,17 (média de carga horária de 41 horas semanais).

Mercado de Engenharia Civil 

A preocupação com a sustentabilidade se tornou, também, item indispensável em todos os projetos de Engenharia Civil. Nesse sentido, o engenheiro civil define uso de materiais que não poluem o meio ambiente, a destinação correta de descarte de materiais e o local mais adequado para construir (com o menor impacto ambiental possível), por exemplo.

No site Glassdoor, encontrei uma média salarial desse profissional em torno de R$6.000,00 por mês. Veja algumas das grandes empresas listadas e seus respectivos salários:

  • Vale: R$12.465,00
  • Odebrecht: R$9.899,00
  • MRV Engenharia: R$8.393,00

Mercado de Engenharia Elétrica

O profissional de Engenharia Elétrica de hoje tem muito mais responsabilidades com a sociedade. Atualmente é demandada uma preocupação com o uso adequado do meio ambiente e dos recursos humanos. Dessa maneira, vem à tona projetos que precisam ter caráter sustentável social e econômico.

O engenheiro eletricista, segundo o site Glassdoor, pode receber os seguintes valores salariais:

  • Eletrobras: R$11.872,00
  • Petrobras: R$13.472,00
  • Energisa: R$8.500,00
  • CEMIG: R$7.964,00

Mercado de Engenharia Mecânica

A Engenharia Mecânica é o ramo da engenharia responsável pelo projeto, desenvolvimento e manutenção de sistemas mecânicos. Assim, tem-se a presença da Engenharia Mecânica em todos os aspectos da vida moderna, como carros, aviões, tubulações, geladeiras, aparelhos de ar-condicionado e usinas de geração de energia.

Pensando em você que busca ter uma referência da faixa salarial baseada no mercado de trabalho em si, trouxe algumas informações de acordo com o Glassdoor.

De acordo com 602 salários postados (até momento dessa publicação), a média foi de R$8.702/mês. Algumas empresas ou instituições a se destacar são:

  • Vale: R$12.846,00
  • General Electric (GE): R$16.019,00
  • Petrobrás: R$15.294,00
  • Ford: R$12.419,00
  • Marinha do Brasil: R$14.486,00

Mercado de Engenharia de Petróleo

Apesar de ser uma fonte não-renovável, o petróleo ainda tem uma importante participação na matriz energética mundial. Sendo assim, sua extração é uma atividade de destaque no país, mantendo o ciclo de exploração de jazidas de petróleo ativo.

Interessado em saber salário desse profissional? Veja alguns exemplos:

  • Petrobras: R$18 mil - R$19 mil (Engenheiro Pleno)
  • Schlumberger: R$8 mil
  • Scheel: R$6 mil (Engenheiro Júnior)
  • Halliburton: R$12 mil - R$15 mil

Mercado de Engenharia de Produção

O engenheiro de produção está ligado ao aumento da eficiência da produção  e redução de desperdícios, o que gera consequentemente uma diminuição de materiais descartados e no uso de recursos naturais.

Portanto, esse profissional é marcado pela responsabilidade social e ambiental em seus projetos ao escolher conscientemente materiais que serão utilizados nos processos e produtos, além de pontuar descarte adequado para que não haja danos ao meio ambiente.

Como média mensal, foi encontrado o valor de R$7.516,00 para o engenheiro de produção. Veja algumas das grandes empresas listadas e seus respectivos salários:

  • Petrobras: R$13.316,00
  • Petrobras Distribuidora: R$12.020,00
  • Odebrecht: R$11.980,00
  • Cervejaria Ambev: R$6.663,00

Mercado de Engenharia de Software

O mercado para Engenheiros de Software está em alta no Brasil atualmente! E se engana quem pensa que todos os profissionais dessa área trabalham com a mesma coisa!

O Engenheiro de Software pode trabalhar com desenvolvimento de softwares, como o próprio nome diz, mas também pode trabalhar com: desenvolvimento de banco de dados, de jogos, com a administração de times tech,  serviços web e muito mais!

A média salarial dessa especialização é de R$6.303,00 de acordo com o site Vagas. Veja agora o salário em grandes empresas do mercado:

  • Nubank: R$15.067,00 (Engenheiro Pleno)
  • Google: R$4.284,00 - R$5.984,00 (Engenheiro Júnior)
  • Amazon: R$9.257,00
  • Mercado Livre: R$10.500,00 (Engenheiro Pleno)

E então, conseguiu ter uma noção de como anda o mercado de trabalho para engenharia?

Como você percebeu, não existe a melhor engenharia no mercado de trabalho, muitas estão em alta e sendo procuradas.

Conseguiu ter uma ideia de como está a área de engenharia que você escolheu para atuar no mercado de trabalho? Se quiser saber mais informações sobre o mercado para outras engenharias, acompanhe nossa série de engenharias.

Nesse primeiro tópico você conheceu algumas opções de mercado e, no próximo, você terá dicas gerais de como entrar no mercado de engenharia, independente da área que escolher.

Vamos lá?

7 Dicas para colocação no Mercado de Engenharia!

Interessado em saber como aumentar a probabilidade de se inserir no mercado de engenharia? Anote as dicas e coloque já em prática!

1. Estudar hoje, estudar amanhã, estudar sempre

Se temos um mercado de engenharia tão competitivo e acirrado, é necessário estar sempre um passo à frente de seus concorrentes. Para isso, você não pode se contentar com a graduação, deve continuar se aprimorando.

Um curso de Pós-Graduação já te posiciona em vantagem na corrida em busca de trabalho, assim como aumenta sua renda. Quer saber quanto? Segundo a Catho, o profissional que possui especialização ganha em média 22% a mais do que aquele que só possui a graduação, além de manter a empregabilidade.

Logo, está esperando o que para começar aquela Pós que havia sido deixada para segundo plano?

2. Do you speak English?

Ainda não? Então agora é a hora! O inglês está deixando de ser um diferencial e tem se tornado uma obrigação para se conseguir ingressar no mercado de engenharia. A língua universal é essencial para se conseguir melhores posições e melhores salários.

A mesma pesquisa da Catho revela que para profissionais de níveis júnior, pleno e sênior têm um aumento de 20% na remuneração, enquanto coordenadores podem chegar a um aumento de 62%. Além de tudo isso, vale lembrar que muitos materiais de referência estão somente em inglês, o que o torna uma chave para novos conhecimentos.

E mais, você estará apto para se relacionar com pessoas do mundo todo, o que com toda certeza é de muito valor para qualquer empresa. E com o avanço da internet, você encontra conteúdo de muita qualidade e até mesmo gratuito, facilitando seu aprendizado.

Quer aprender inglês para arrasar no Processo Seletivo?

Como nós falamos anteriormente, o inglês tem deixado de ser um diferencial e tem se tornado uma obrigação! E sim, a área de engenharia é uma das que a maioria das vagas pede pelo menos algum nível de proficiência no idioma.

Com o processo de globalização, o inglês tem sido o idioma universal para a comunicação com pessoal ao redor do mundo, além disso, ao procurar documentações, artigos e palestras na internet, a chance de encontrá-las na língua inglesa é sempre muito maior.

Você percebeu a importância do inglês no mercado de trabalho? Se sua resposta foi sim, então tenho outra pergunta para te fazer. Você já perdeu alguma oportunidade de emprego porque o processo seletivo era em inglês e você não se sentia preparado?

Isso acontece mais do que você imagina! Mas não vai acontecer mais! Com o curso de Inglês para Processos Seletivos 100% gratuito da Voitto, você nunca mais perderá essas oportunidades! Use o cupom BLOG100 e comece hoje mesmo sua jornada! É só clicar na imagem!

Curso de Inglês para Processos Seletivos.

3. Network

Uma boa rede de contatos é sempre uma vantagem para qualquer profissional. Isso abrirá muitas portas de emprego e oportunidades de negócio. Um engenheiro com relacionamentos é um engenheiro requisitado. "Nenhum homem é uma ilha", já dizia John Donne.

Uma boa ferramenta para aquisição de contatos é a rede social LinkedIn, de cunho profissional, em que um perfil atualizado pode render muitas oportunidades. A plataforma permite inclusive adicionar certificados que você porventura tenha.

4. Capacitação ou morte!

Acho que não é para tanto, mas você com certeza entendeu. Se você quer estar sempre em destaque, nunca pode parar de aprender, ou acabará "morrendo" no campo de batalha. Cada vez mais o mercado de engenharia tem exigido mais do que apenas a graduação. Embora já tenha falado sobre a Pós-Graduação, ela não é a única opção.

O treinamento profissional tem se tornado uma obrigação para conseguir uma vaga em diversas áreas de atuação. Conhecimento de Excel, por exemplo, deixou de ser apenas um know-how extra para se tornar essencial. E, dependendo da sua área de atuação, cursos como Lean Seis Sigma fazem uma diferença colossal na busca pelo emprego dos sonhos.

5. Relacionamento interpessoal

Hoje em dia, não basta ter o conhecimento técnico e uma capacitação profissional. O relacionamento com os outros profissionais é de suma importância, sendo muitas vezes priorizado em detrimento da técnica. As empresas têm buscado mais e mais engenheiros que saibam se comunicar, pois estarão em frequente contato com outras áreas.

Liderança também é a característica do momento, pois o profissional de engenharia precisa sempre ter iniciativa, capacidade de inovação e deve conseguir transmitir conhecimento de forma clara.

Tanto liderança quanto comunicação estão na lista de habilidades mais importantes para o mercado de trabalho. São habilidades que se complementam e fazem diferença entre um profissional comum e um engenheiro que será notado.

6. Só teoria não basta

Você com certeza já ouviu engenheiros já colocados no mercado dizerem que há umhiato entre o que aprenderam na universidade e a prática no mercado de trabalho, certo? Pois bem, isso é um fato! Essa é a razão pela qual muitos bons alunos na faculdade acabam não conseguindo ingressar no mercado de engenharia.

Não basta saber muito se não souber como aplicar esse conhecimento.

Ter feito um bom estágio é imprescindível para ganhar experiência na área e não sair da graduação "cru". Além de todo o conhecimento prático obtido e a familiarização com o ambiente de trabalho da área escolhida por você, estagiar vai desenvolver sua habilidade de comunicação e trabalho em equipe, melhorando suas relações humanas, que, como já vimos, são essenciais para qualquer empresa.

7. Tenha conhecimento sobre outras áreas

Você provavelmente já percebeu que atualmente o engenheiro raramente fica engessado na sua área de atuação. Ter conhecimento amplo é necessário para se diferenciar e para garantir sua empregabilidade. Afinal, em tempos de crise, as empresas querem cortar gastos, e se você sabe como fazer muitas coisas, provavelmente estará fora desta "lista negra".

Com o tempo, muitos engenheiros naturalmente acabam convergindo para funções mais administrativas. Isso acontece pelo próprio plano de carreira oferecido pela maioria das empresas, que aproxima o profissional dessa área conforme ele vai subindo os degraus de sua carreira.

Mas você não precisa esperar para ter conhecimento de gestão, ou até mesmo relações humanas. Comece agora mesmo a expandir seu conhecimento, não fique preso na mesma ideia de sempre, ou acabará ficando ultrapassado.

Essas são algumas dicas para aumentar suas chances de colocação no mercado da engenharia. E aí, preparado para conquistar seu "lugar ao sol"?

Melhores oportunidades para Engenharia 

Agora que você já aprendeu nossas dicas de como se inserir no mercado de trabalho, vamos falar sobre os cargos que têm as melhores oportunidades para diversas formações de engenharia?

Esses cargos que vamos citar tem os melhores salários dessa classe, porém, para passar nesses processos seletivos é necessário muito estudo, ter capacitações e experiência na área e é claro, ter as soft skills necessárias para o cargo desejado.

Alguns dos cargos são:

  • Gerente de Projetos;
  • Engenheiro de Pesquisa & Desenvolvimento;
  • Gerente de Contratos;
  • Gerente de Plantas;
  • Engenheiro de Aplicação/Vendas;
  • Gerente de Supply Chain;
  • Coordenador de S&OP;
  • Engenheiro de Qualidade, Segurança, Meio Ambiente e Saúde.

Especialização para Engenheiros

Você pode ter percebido ao procurar vagas de emprego, que várias empresas cobram, além do diploma em engenharia, especializações na área da vaga não é mesmo?

Mas você sabe quais especializações você pode fazer? Vamos te contar!

Mestrado/Doutorado

Uma das opções de especialização é cursar Mestrado e Doutorado (lembrando que não precisa necessariamente ser os dois).  Existem diversos cursos para mestrado e doutorado, tanto no Brasil quanto no exterior, e o ideal é você escolher aquele que tenha a grade de seu interesse.

É sempre bom mencionar que fazer mestrado e doutorado não quer dizer que você pretende seguir a carreira acadêmica, embora seja uma opção. Muitas empresas hoje oferecem uma faixa salarial mais elevada para profissionais que possuem esses títulos.

MBA

MBA é a sigla em inglês para Master of Business Administration que a tradução para o português seria Mestre em Administração de Negócios. Embora tenha mestre em seu nome, o MBA não é um mestrado, e sim uma pós-graduação lato sensu.

Você pode estar se perguntando “Administração e Negócios? O que isso tem a ver com Engenharia?” Pois bem, você lembra do tópico que falamos acima sobre Melhores oportunidades para Engenharia? Então! É aí que o MBA entra.

O MBA é indicado para profissionais que tenham a intenção de ocupar cargos de liderança, como MBA em Gestão de Projetos.

Bootcamp

O nome Bootcamp quer dizer Campo de Treinamento em português e é um termo que tem se tornado muito popular na área da Educação por se tratar de um método de aprendizagem rápido e intensivo.

Muitas pessoas associam o bootcamp apenas à área de tecnologia, porém isso não é verdade. Existem bootcamps nas mais diversas áreas! O objetivo do bootcamp é preparar o profissional para os desafios do mercado de trabalho, alavancando sua carreira.

Cursos

Outra opção incrementar o seus conhecimentos é fazer cursos nas áreas de seu interesse e assim, aprender novos conceitos e ferramentas que podem te ajudar a alavancar a sua carreira.

A parte interessante de fazer esses cursos é que alguns deles nem cobram que você já tenha uma graduação, então você já pode ir se capacitando ainda na faculdade!

Do currículo ao contrato: seja o engenheiro que as empresas procuram e que a faculdade não forma.

Empresas como Votorantim, Itaú, Ambev, Google, Coca-Cola e Vale não buscam engenheiros apenas formados em engenharia... Elas buscam mais.

Buscam profissionais que dominem Excel, que tenham experiência com Scrum, dominem as Soft Skills, saibam liderar pessoas e ainda conheçam a metodologia Lean Seis Sigma.

Alcançar todas essas skills é difícil, mas não impossível.

Pensando nisso, a Voitto criou a Escola de Engenheiros: uma escola para engenheiros ensinarem a engenheiros como dominar as habilidades de um profissional de engenharia de sucesso.

Com a Escola de Engenheiros da Voitto você tem acesso a 10 cursos + 6 bônus, suporte técnico e de conteúdo, liberdade para aprender de onde quer que você esteja e certificados com validade em todo o território nacional!

A Formação tem o Selo de Qualidade Voitto: teste a autêntica metodologia da Voitto e, caso suas expectativas não sejam atendidas no prazo de 30 dias, reembolsamos 100% do valor investido.

Seja o melhor engenheiro que você pode ser: faça Escola de Engenheiros!

Clique na link e saiba mais:

Hora de ser o engenheiro que a faculdade não forma! Saiba mais!

Thiago Coutinho

Thiago Coutinho

Thiago é formado em Engenharia de Produção, pós-graduado em estatística e mestre em administração pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Black Belt em Lean Six Sigma, trabalhou com metodologias para redução de custos e otimização de processos na Votorantim Metais, ingressando posteriormente na MRS Logística como trainee, onde ocupou posições de gestor e especialista em melhoria contínua. Com certificação Microsoft Office Specialist (MOS®) e Auditor Lead Assessor ISO 9001, atendeu a diversas empresas em projetos de consultoria, além de treinamentos e palestras relacionadas a Lean Seis Sigma, Carreira e Empreendedorismo em congressos de renome nacional como o ENEGEP (Encontro Nacional de Engenharia de Produção) e internacional como Congresso Internacional Six Sigma Brasil. No ambiente acadêmico atua como professor de cursos de Graduação e Especialização nas áreas de Gestão e Empreendedorismo. Empreendedor serial, teve a oportunidade de participar de empreendimentos em diversos segmentos. Fundador do Grupo Voitto, foi selecionado no Programa Promessas Endeavor, tendo a oportunidade de receber valiosas mentorias para aceleração de seus negócios. Atualmente é mentor de empresas e se dedica à frente executiva da Voitto, carregando com seu time a visão de ser a maior e melhor escola on-line de gestão do Brasil.

Seja o engenheiro que a faculdade não forma. Clique já e saiba mais!

QUER RECEBER CONTEÚDO VIP?

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

Respeitamos sua privacidade e nunca enviaremos spam!

voitto.com.br

© Copyright 2008 - 2024 Grupo Voitto - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

Escola De Engenheiros

Para baixar o material, preencha os campos abaixo:

Possui graduação completa?

Concordo em receber comunicações de acordo com a Política de Privacidade.