CURSO GRATUITO

INSCRIÇÕES ATÉ

21/06

Inscreva-se agora

O que é JavaScript?
Para que serve o JavaScript ?
Como o JavaScript funciona?
O que são as bibliotecas de JavaScript?
O que são os frameworks de JavaScript?
Vantagens do JavaScript
Aplicações do JavaScript

Entenda o que é JavaScript e quais as vantagens em utilizar essa linguagem de programação!

JavaScript é uma linguagem de programação muito utilizada para implementações web, entenda melhor o que é e quais as vantagens em utilizá-la!

Thiago Coutinho
Por: Thiago Coutinho
Entenda o que é JavaScript e quais as vantagens em utilizar essa linguagem de programação!

O mundo da tecnologia vem evoluindo diariamente e, com ele, vão surgindo novas linguagens de programação para diferentes tipos de aplicações.

Com o JavaScript (JS) não é diferente, essa linguagem veio para tornar as páginas web interativas. Outras  utilizações do JavaScript estão em aplicativos mobile e desenvolvimento de jogos eletrônicos.

Além disso, o JavaScript fornece uma gama de frameworks e funções capazes de melhorar a experiência do usuário em diversos dispositivos. Por isso, essa linguagem é de extrema importância para programadores.

Ficou interessado em aprender mais sobre o assunto? Continue a leitura desse artigo que se desenvolverá a partir dos seguintes tópicos:

  • O que é JavaScript?
  • Para que serve o JavaScript ?
  • Como o JavaScript funciona?
  • O que são as bibliotecas de JavaScript?
  • O que são os frameworks de JavaScript?
  • Vantagens do JavaScript
  • Aplicações do JavaScript

Continue conosco e tenha um bom aprendizado!

O que é JavaScript?

JavaScript, popularmente chamado apenas de JS, é uma linguagem de programação de alto nível, ou seja, é uma linguagem que é facilmente entendida pelos humanos e bem distinta da forma com que o computador interpreta esses comandos.

Essa linguagem foi desenvolvida em 1996 por um programador chamado Brendan Eich, que também foi um dos principais fundadores da Mozilla Corporation. 

O que muitas pessoas não sabem, é que inicialmente o JS foi desenvolvido para funcionar apenas no navegador Netscape Navigator, como uma forma de tornar mais simples os processos que acontecem dentro de uma página da web.

Com o passar do tempo, a Microsoft começou a incorporar o JS em seus navegadores e aceitar a linguagem em suas aplicações, impulsionando ainda mais a popularização do JS, o que ajudou essa linguagem a se tornar o que é hoje.

Dessa maneira, o JS foi sendo atualizado e possuindo diversas modificações ao longo do tempo, se tornando cada vez mais versátil e de fácil manipulação. Nos dias atuais, é possível desenvolver aplicações desktop, mobile e até mesmo jogos eletrônicos.

Um detalhe importante a ser mencionado, é que apesar da nomenclatura dessa linguagem possuir “Java”, o JavaScript não deriva e não possui ligação direta com o Java.

Agora que você já entendeu como o JS surgiu, descubra para que ele serve no tópico seguinte!

Para que serve o JavaScript ?

O JavaScript é uma linguagem de programação bem versátil e pode ser utilizado em diversas aplicações, sendo a principal delas, as páginas web.

Dessa forma, o JS proporciona funcionalidades dinâmicas à páginas que, anteriormente, funcionavam completamente de forma estática. Ou seja, as respostas são recebidas em tempo real tornando obsoleto o processo de receber dados e respostas de servidores web.

Além disso, com ele é possível melhorar ainda mais a experiência do usuário, já que as páginas são mais ricas e possuem detalhes como: animações, imagens e itens mais atuais, tornando o ambiente mais atrativo.

Seus frameworks permitem que sejam desenvolvidas aplicações para dispositivos mobile e novas funcionalidades para sistemas operacionais de dispositivos móveis.

Devido à facilidade de desenvolver animações e ambientes tridimensionais, o JS é muito utilizado para criação de games, o que tem se tornado cada vez mais buscado no mercado atual.

Dica especial!

Deseja aprender mais sobre Python e não saber por onde começar?

Foi pensando nisso que desenvolvemos o Ebook Primeiros passos com Python ! Um material que é mais do que essencial para o estudo inicial de programação em Python.

Com ele você verá os principais fundamentos e sintaxes da linguagem para dar start nos conhecimentos de programação.

Seja o profissional que o mercado procura e baixe agora o nosso Ebook Primeiros passos com Python!

Primeiros passos com Python, baixe agora!

Como o JavaScript funciona?

Sua principal funcionalidade é programar funções e códigos capazes de serem incluídos em páginas desenvolvidas com HTML. Dessa forma, essas páginas, antes estáticas, funcionam dinamicamente.

Um detalhe importante, é que o JS é uma linguagem que funciona localmente, ou seja, diretamente no navegador do usuário. Diferenciando, dessa forma, o JS do PHP, que roda em um servidor remoto.

Outra funcionalidade importante do JS, é a recepção e envio de dados de forma síncrona e assíncrona. Sendo capazes de processar, validar e exibir as informações instantaneamente.

Confira um exemplo de código em JS:

Javascript

Existem outras funcionalidades possíveis com essa linguagem, veja:

  • Armazenar conteúdos em variáveis;
  • Operações com strings (forma em que pedaços de texto são chamados em programação);
  • Executa códigos de acordo com eventos pré determinados.

Outras funções podem ser conferidas através das APIs da linguagem - conjunto de códigos e instruções que auxiliam o desenvolvedor em criar funções mais complexas.

O que são as bibliotecas de JavaScript?

As bibliotecas, como em qualquer outra linguagem de programação, são trechos de código, geralmente que realizam funções complexas, que podem ser reutilizados por outros programadores.

Os códigos que representam essas bibliotecas são acoplados ao JS de acordo com a necessidade do programador e o problema que precisa ser resolvido, possuindo diversas funcionalidades e usos.

Veja algumas utilizações e exemplos de bibliotecas JS:

Visualizar Dados

O mundo atual é movido a dados e é crucial que os usuários possuam formas de observar esses dados de uma maneira mais estatística, para entender melhor o cenário em que estão, por isso, o JS possui algumas bibliotecas para exibição desses dados em forma de gráficos ou mapas.

Alguns exemplos dessas bibliotecas são: Chart.js, ApexCharts e Algolia Places, com elas, é possível manipular esses dados e apresentá-los em uma página web para facilitar a visualização pelos usuários

Manipulação de DOM

DOM (Document Object Model), em português Modelo de Documento do Objeto, é a forma em que a página HTML é modelada, e  para tornar esse processo mais simples e completo, também existem bibliotecas em JS capazes de auxiliar.

Para criações de boas páginas é preciso de um conjunto de especificações, como: funções de padrão de sites, animações no menu, imagens, botões, luzes e etc. Bibliotecas como jQuery e Umbrella JS podem auxiliar nesse processo.

Criação e validação de formulários

Páginas de e-commerces ou sites informativos possuem formulários, sejam para cadastro de contas, de eventos ou criar uma ponte entre o usuário e o proprietário do site.

Exemplos de bibliotecas que podem realizar a criação e validação desses formulários são: wForms, LiveValidation, qForms e etc. Elas podem ser bem úteis até para criação de um visual mais sofisticado para esses formulários.

Funções de texto e matemáticas

O processamento de um dados, como: horas, datas e etc, necessitam de resolução de equações matemáticas. Uma forma mais simples de realizar esses processamentos é através do lado do cliente, com uso de bibliotecas JS como por exemplo: Date.js, Sylvester e JS URL Library.

O que são os frameworks de JavaScript?

De forma semelhante às bibliotecas, os frameworks são fragmentos de códigos que podem realizar várias funções e serem reutilizados. Porém, as bibliotecas e os frameworks possuem uma diferença:

  • Bibliotecas: códigos especializados e que podem ser utilizados sob demanda;
  • Framework: é um conjunto de ferramentas completo capaz de moldar e organizar aplicativos web.

Confira alguns exemplos de frameworks para JavaScript:

Para desenvolvimento de aplicativos móveis e Web

Para o desenvolvimento de aplicativos móveis, existe um framework chamado AngularJS. Esse conjunto de ferramentas torna o processo de desenvolvimento e testes mais simples.

Um exemplo clássico de aplicações que podem ser realizadas com esse framework são: e-commerce, aplicações em tempo real e vídeo.

Outro framework que também pode ser utilizado para esse fim, é o React Native, compatível para sistemas iOS e Android.

Para desenvolvimento web de forma responsiva

Uma das principais preocupações de desenvolvedores web, é garantir uma boa experiência de usuário independente do dispositivo que está sendo utilizado.

Por isso, é imprescindível que as informações disponíveis na página sejam apresentadas de forma completa independente do tamanho e formato da tela, se ajustando de maneira automática.

Para realizar esse feito, existem frameworks (como Bootstrap e Ember.js) capazes de oferecer designs responsivo e facilmente modificáveis, além da usabilidade do site em dispositivos distintos.

Para desenvolvimento de aplicativos do lado do servidor

Para desenvolver aplicativos do lado do servidor, existe um framework chamado Node.js, que é capaz de executar codificações JavaScript fora do navegador.

Esse conjunto de ferramentas é utilizado em aplicações que necessitam ser escaláveis, rápidas e confiáveis, baseando-se em rede lado servidor.

Por isso, esse framework é totalmente capaz de processar algumas solicitações e fluxos de dados HTTP, além de oferecer suporte, sistema de gerenciamento de arquivos e processos back-end.

Vantagens do JavaScript

Como dito anteriormente, o JavaScript é uma linguagem bem versátil e utilizada principalmente para criar dinamismo em páginas web e, com ela, vêm algumas vantagens. Confira:

Facilidade de aprendizagem

O JS possui uma sintaxe bem simples, por isso, é extremamente fácil de se aprender e começar no mundo da codificação. Por isso, essa linguagem é utilizada por programadores para criação de scripts do lado do cliente em todos os sites e aplicativos de smartphones.

Outra ferramenta que vem sendo muito utilizada na última década, é o Node.js, como uma forma de codificação backend e muitas plataformas já adotam essa extensão do JavaScript em seus desenvolvimentos.

Autonomia em relação a plataformas

Ao contrário de outras linguagens, o JavaScript é totalmente independente e pode ser aplicado em todas as páginas web. Além de existir a possibilidade de combiná-lo com diversos frameworks e outras linguagens.

O fator que torna essa linguagem de programação tão independente, é a possibilidade de execução em diversas máquinas, o tornando autônomo perante as plataformas.

Reduz a carga do servidor

Como o JS é uma linguagem que executa do lado do servidor do cliente, reduz o volume de dados e informações que serão processados no servidor web. Todos os dados de preenchimentos são validados imediatamente quando digitados. Poupando que a página precise atualizar e imprimir possíveis mensagens de erro.

Melhora a interface do usuário

Como o JS veio para criar um dinamismo em páginas web, ficou mais fácil e comum a criação de páginas mais elegantes e com o processamento de informações cada vez mais complexas.

Compatibilidade com simultaneidade

Essa linguagem é capaz de realizar, de maneira simultânea, diversas instruções distintas. Como já dito anteriormente, o Node.js é muito utilizado para desenvolvimento de aplicações backend e esse framework é capaz de realizar o gerenciamento e processamento de respostas sem consumir a largura de banda.


Além dessas vantagens, podemos citar outras:

  • Não necessita da utilização de compiladores, já que o browser interpreta essa linguagem como HTML;
  • Fácil localização e correção de erros; 
  • É mais rápido e leve quando comparado a outras linguagens de programação;

Desvantagens do JavaScript 

Como qualquer outra linguagem de programação, o JavaScript também possui algumas desvantagens de utilização.

Um dos grandes problemas enfrentados por desenvolvedores com a popularização do JS, é o maior incentivo por parte dos hackers em encontrar falhas de segurança. Além disso, essa linguagem pode executar malwares de forma invisível para os usuários.

Tipagem fraca

A tipagem fraca acontece quando determinada linguagem de programação não necessita que sejam determinados o tipo dos dados que são possíveis de armazenamento nas variáveis.

E o JS é uma dessas linguagens, esse problema faz com que possa ocorrer algumas inconsistências no tratamento dos dados, gerando erros de tipo.

Aplicações do JavaScript

Já explicamos anteriormente, que o JS foi desenvolvido como uma linguagem client-side, ou seja, funcionam na maioria do tempo no servidor do usuário.

Um exemplo clássico da utilização do JS, foi a criação do Gmail pela Google. Na época, o problema enfrentado pela grande empresa foi a velocidade em que os interpretadores JS funcionavam.

Como uma forma de solucionar esse problema, a Google resolveu criar o Engine V8, engine open-source padrão do Google Chrome, melhorando o desempenho.

Node.js

Já citamos diversas vezes o Node.js durante esse artigo, agora vamos explicar melhor como essa ferramenta funciona. Como relatado, a criação do engine V8 foi um dos propulsores para desenvolvimento do Node.js.

Graças a esse framework, foi possível criar aplicações que funcionassem de forma server-side, fugindo do que, anteriormente eram executados totalmente ao lado do cliente e migrando para funcionalidades que englobariam servidores web.

Ou seja, esse framework irá funcionar como uma forma de interpretador de JS fugindo do ambiente dos navegadores de internet.

Mobile

Aplicações mobile também se tornaram possíveis com o desenvolvimento contínuo do JS e ao Node.js. Existem também, outros frameworks capazes de facilitar o desenvolvimento de aplicações para smartphones, como: VueJS e Ionic Framework.

O mais utilizado é o Ionic, esse frameworks são open-source e são utilizados por diversas empresas famosas, como: Microsoft, McDonald’s e IBM. Já que possui compatibilidade com diversos sistemas operacionais e possui uma boa interface no modo desenvolvedor.

Desktop

Os aplicativos Desktop também foram sendo desenvolvidos e aprimorados com o JS. E o framework mais utilizado para esse fim é o Electron JS. As corporações fazem uso do JS para desenvolvimento tanto de aplicações internas quanto futuros softwares para o mercado.

Alguns exemplos de aplicações que foram desenvolvidas com o uso do Electron JS são: Slack, Github para Desktop e Flow.

Games

Já informamos anteriormente que o JS é uma linguagem versátil e permite a criação e desenvolvimento de diversos tipos de aplicações. E, com o crescimento do mundo dos videogames, o JS começou a ser utilizado para desenvolvimento de jogos.

Existem frameworks capazes de facilitar o desenvolvimento desses games, com funções e interfaces pré-fabricadas que auxiliam os programadores. Alguns exemplos são: Phaser, GDevelop e Kiwi.js. Os jogos mais populares desenvolvidos com a utilização do JS são: Angry Birds,  2048 e The Wizard.

Fique ligado nas oportunidades!

Confira o Ebook gratuito Guia de carreira para novos cientistas de dados e confira mais sobre a carreira de novos cientistas de dados.

Você aprenderá como dar início na carreira de dados, em quais áreas aperfeiçoar suas habilidades e entenderá por que o cientista de dados é um dos mais buscados pelo mercado.

Se interessou? Não perca essa oportunidade e baixe agora o nosso eBook.

Guia de carreira para novos cientistas de dados

Thiago Coutinho

Thiago Coutinho

Thiago é formado em Engenharia de Produção, pós-graduado em estatística e mestre em administração pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Black Belt em Lean Six Sigma, trabalhou com metodologias para redução de custos e otimização de processos na Votorantim Metais, ingressando posteriormente na MRS Logística como trainee, onde ocupou posições de gestor e especialista em melhoria contínua. Com certificação Microsoft Office Specialist (MOS®) e Auditor Lead Assessor ISO 9001, atendeu a diversas empresas em projetos de consultoria, além de treinamentos e palestras relacionadas a Lean Seis Sigma, Carreira e Empreendedorismo em congressos de renome nacional como o ENEGEP (Encontro Nacional de Engenharia de Produção) e internacional como Congresso Internacional Six Sigma Brasil. No ambiente acadêmico atua como professor de cursos de Graduação e Especialização nas áreas de Gestão e Empreendedorismo. Empreendedor serial, teve a oportunidade de participar de empreendimentos em diversos segmentos. Fundador do Grupo Voitto, foi selecionado no Programa Promessas Endeavor, tendo a oportunidade de receber valiosas mentorias para aceleração de seus negócios. Atualmente é mentor de empresas e se dedica à frente executiva da Voitto, carregando com seu time a visão de ser a maior e melhor escola on-line de gestão do Brasil.

Guia Completo do LGPD, baixe agora!

QUER RECEBER CONTEÚDO VIP?

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

Respeitamos sua privacidade e nunca enviaremos spam!

voitto.com.br

© Copyright 2008 - 2024 Grupo Voitto - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

[Kit] Guia Completo Do Lgpd Botão De Ação

Para baixar o material, preencha os campos abaixo:

Possui graduação completa?

Concordo em receber comunicações de acordo com a Política de Privacidade.