ANIVERSÁRIO VOITTO

A MAIOR OFERTA DO ANO! TODO SITE COM ATÉ50% OFF

O que é Produção Contínua?
As principais características da Produção Contínua
Produção Contínua: vantagens e desvantagens
Classificações da Produção Contínua
Como aplicar a melhoria contínua no sistema de produção?
Saiba como gerir seus processos de produção!

Descubra como funciona o sistema de Produção Contínua, um dos mais utilizados no mundo!

Entenda os principais pontos que caracterizam a Produção Contínua e veja como sua atuação pode trazer resultados positivos para sua linha de produção.

João Henrique
Por: João Henrique
Descubra como funciona o sistema de Produção Contínua, um dos mais utilizados no mundo!

Produção Contínua é um sistema sem interrupção que tem como objetivo produzir a maior quantidade de um produto durante o menor tempo possível.

Existem várias classificações de sistemas de produção diferentes pelo mundo. Normalmente, elas são utilizadas para caracterizar o modelo aplicado a cada tipo de manufatura.

Outra vantagem desses sistemas é facilitar o desenvolvimento de técnicas ou de metodologias de planejamento e gestão melhor direcionadas para cada modalidade.

As 3 categorias mais conhecidas são: sistema de produção contínua, sistema de produção intermitente e sistema de produção para grandes projetos.

Neste artigo, focaremos em explicar e em exemplificar um tipo muito comum ao redor do mundo: a produção contínua. Um sistema bem diferente daqueles sob encomenda.

Para facilitar o entendimento, decidimos dividir esse tema em alguns tópicos:

  • O que é Produção Contínua?
  • As principais características da Produção Contínua;
  • Produção Contínua: vantagens e desvantagens;
  • Classificações da Produção Contínua;
  • Como aplicar a melhoria contínua no sistema de produção?

Vamos começar?

O que é Produção Contínua?

A produção contínua é um dos três tipos de sistema de produção que existem nas manufaturas, como o próprio nome já diz, o sistema em questão é aquele em que a linha produz sem paradas e interrupções.

Para que esse sistema funcione bem, o conhecimento apurado sobre o produto é necessário, mas não se resume a somente isso, também é imprescindível que haja um planejamento rigoroso.

Afinal, os custos e despesas decorrentes de uma pausa inesperada podem ser catastróficos do ponto de vista financeiro.

Outro fator que se faz preciso é uma cadeia de escoamento da produção altamente eficiente e preparada para que os produtos não fiquem empacados no estoque.

Podemos citar como os principais exemplos desses tipos de produção as refinarias e siderúrgicas, que não param de produzir.

O conhecimento na área de Planejamento e Controle de Produção (PCP) é extremamente importante para qualquer organização que deseje alcançar o sucesso com esse tipo de produção.

Aprenda os Fundamentos do Lean Manufacturing

Saiba como reduzir desperdícios e aumentar a produtividade da sua produção!

O Lean Manufacturing é um sistema de gestão criado pela Toyota, o objetivo da metodologia é operar o chão de fábrica de forma organizada e alavancando os resultados da empresa.

Com o curso Fundamentos do Lean Manufacturing, você estará apto para aplicar essa ferramenta em seu negócio. Acesse agora gratuitamente 8 horas de conteúdo completo!

Seja um gestor de sucesso, clique no banner e use o cupom BLOG100!

Banner Fundamentos Lean Manufacturing

As principais características da Produção Contínua

Nesse tópico, separamos para você as três principais atribuições do sistema de produção contínua e que ocorrem de maneira comum nas manufaturas que adotam esse tipo produtivo. Confira!

1. Grande quantidade de produtos

Achamos que essa você já devia ter conseguido imaginar, mas é impossível não falar dessa característica.

A produção contínua, ou seja, ininterrupta gera uma quantidade enorme de produtos. Mesmo que a montagem ou a fabricação seja em um período de tempo longo, o alto volume de produção pode ser maior do que qualquer outro sistema que fosse implantado.

2. Processos padronizados

Como os turnos de produção não param durante 24h por dia, há uma rotatividade de funcionários ou a manutenção contínua do trabalhos das máquinas.

Isso exige que os processos de fabricação ou de montagem sejam bastante padronizados, para que não haja erros que comprometam a linha e também para que as máquinas e os funcionários consigam realizar as funções com maior facilidade.

Isso acaba por nos levar à nossa próxima característica.

3. Pouca variabilidade

Esse padrão que o modelo de produção deve seguir, faz com que as variedades de produtos elaborados seja baixíssima.

Como Henry Ford falava:

"Qualquer cliente pode comprar o carro da cor que ele desejar, desde que seja preto."

Esse é um dos grandes motivos que esse tipo de sistema de produção vem perdendo espaço nas linhas de produção. Com a evolução da globalização, o mercado exige uma maior personalização de produtos o que torna esse modelo quase impossível de ser aplicado em alguns segmentos.

Produção Contínua: vantagens e desvantagens

Como foi possível notar, a produção contínua possui algumas vantagens e também desvantagens. Para entender se ela se encaixa em seu sistema de produção, é importante saber essas informações. Veja a seguir:

Vantagens da Produção Contínua

A principal vantagem de ter uma produção sem pausas, é que não há um período de espera e todo o tempo é produtivo. Como consequência, o retorno financeiro é mais rápido.

Por ser uma linha de produção repetitiva, o controle de materiais e produção é simplificado.

Além disso, os custos de manuseio de materiais são minimizados e a maioria do trabalho pode ser automatizado. Dessa maneira, existem poucas instruções de trabalho e não é necessário gastar com espaço de armazenamento.

Desvantagens da Produção Contínua

Para aplicar o sistema de produção contínua, a empresa deve ser bem organizada, pois sua estrutura se conecta e, em caso de falhas, todo o processo pode ser afetado.

Outra desvantagem é que nem sempre as preferências dos clientes são atendidas, afinal, é possível fabricar apenas um produto padrão.

Classificações da Produção Contínua

Um dos maiores estudiosos de Programação, Planejamento e Controle da Produção (PPCP) no Brasil, Sérgio Baptista Zaccarelli estabeleceu três subdivisões dentro da Produção Contínua. Conheça elas a seguir:

  • Produção contínua pura: nessa subdivisão existe apenas uma linha de produção, todos os produtos gerados são iguais, visto que os processos de transformação de toda a matéria-prima são totalmente padronizados
  • Produção contínua com montagem ou desmontagem: já nessa, existem diversas linhas de produção contínua que funcionam simultaneamente e que, no fim, convergem no linha de montagem ou desmontagem
  • Produção contínua com diferenciação final: nesse caso, existem características de fluxo igual a um ou outro dos subtipos apresentados anteriormente, no entanto, o produto resultante pode apresentar certas diferenças.

Como aplicar a melhoria contínua no sistema de produção? 

Se sua empresa deseja aplicar a melhoria contínua no sistema de produção, é essencial ter um especialista em Lean para dar o devido suporte.

Com a ajuda desse profissional, você poderá eliminar processos e materiais que não agregam no produto final. Isto é, não haverá desperdício.

Além disso, o profissional que domina os conhecimentos de Lean consegue colocar em prática ferramentas fundamentais como: Kanban, Diagrama de Ishikawa e muito mais.

Saiba como gerir seus processos de produção!

Ter domínio das práticas de Planejamento e Controle de Produção é essencial para se destacar no mercado profissional!

Afinal, o PCP oferece diversas vantagens para as empresas, alguns dos benefícios são:

  • redução de custos;
  • melhoria na qualidade dos produtos; 
  • planejamento e controle eficaz;
  • entregas mais rápidas.

Pensando nos profissionais que querem se capacitar e dominar as etapas do PCP, a Voitto lançou o curso Fundamentos de Planejamento e Controle da Produção.

Você pode acessar nosso curso de forma totalmente gratuita, basta clicar no banner e usar o cupom BLOG100.

Seja um especialista PCP agora!

Banner Fundamentos de Planejamento e Controle da Produção

João Henrique

João Henrique

Grad. em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Viçosa (UFV). Possui certificação em Marketing de Conteúdo, Produção e Revisão de Conteúdo para Web e Copywriting. Trabalhou de 2019 a 2020 na Soluções Consultoria como Consultor, Assessor Financeiro Jurídico e Gerente de Inteligência Comercial. Foi um dos escolhidos para o Summer Job 2020 da B2W Digital, atuando no desenvolvimento do Dashboard de Performance do setor de BI da companhia. Coordenou a equipe de Comunicações do Diretório Acadêmico de Engenharia de Produção UFV em 2019, onde despertou o interesse por marketing digital. Integrou a Comissão Organizadora do XV Encontro Mineiro de Engenharia de Produção (EMEPRO), também em 2019. De 2016 a 2018, participou da Atlética das Engenharias UFV como Assessor Administrativo Financeiro e Diretor de Gestão de Pessoas e Qualidade. Está sempre em busca de novos conhecimentos e desafios. Atualmente, atua na produção de conteúdo na área de Pesquisa e Desenvolvimento do Grupo Voitto.

As etapas do planejamento e controle da produção, baixe agora!

QUER RECEBER CONTEÚDO VIP?

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

Respeitamos sua privacidade e nunca enviaremos spam!

voitto.com.br

© Copyright 2008 - 2024 Grupo Voitto - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

As Etapas Do Planejamento E Controle Da Produção Botão De Ação

Para baixar o material, preencha os campos abaixo:

Possui graduação completa?

Concordo em receber comunicações de acordo com a Política de Privacidade.