ANIVERSÁRIO VOITTO

A MAIOR OFERTA DO ANO! TODO SITE COM ATÉ50% OFF

Por que a Tesla parou de aceitar bitcoins?
O que fez Elon Musk voltar atrás?

Como a energia limpa passou a ser o motivo para a Tesla voltar a aceitar o Bitcoin?

Entenda como o CEO da Tesla voltará atrás em sua decisão, caso as mineradoras se comprometam a minerar o Bitcoin de modo sustentável.

Victória Gonçalves
Por: Victória Gonçalves
Como a energia limpa passou a ser o motivo para a Tesla voltar a aceitar o Bitcoin?

Elon Musk é, definitivamente, a pessoa que consegue reerguer o Bitcoin, bem como volatilizá-lo ao seu favor. Nesse sentido, a Tesla anunciou que não aceitaria mais os Bitcoins e agora voltou atrás.

Isso porque, ao ser pressionado por ambientalistas, o CEO da gigante tecnológica fez uma movimentação com mineradoras para que extraíssem a criptomoeda de forma sustentável.

Agora, ele usa esse motivo como alegação para voltar a aceitar o ativo para as compras na Tesla. Esperto, não? Então, vamos entender suas estratégias a partir dos seguintes tópicos:

  • Por que a Tesla parou de aceitar bitcoins? 
  • O que fez Elon Musk voltar atrás? 

Por que a Tesla parou de aceitar bitcoins? 

A Tesla parou de aceitar bitcoins por conta das preocupações com o rápido crescimento dos impactos ambientais causados pela quantidade de energia utilizada na mineração desse ativo.

Sob esse viés, a criptomoeda sofreu uma leve queda ainda em março, após essa decisão.

No entanto, mal sabíamos o que nos esperava quanto ao Bitcoin, justamente porque, em abril, ele sofreu uma queda de valor significativa e em maio aconteceu o seu pior mês.

Porém, todos esses acontecimentos não foram o suficiente para desanimar Elon Musk, que ainda em maio procurou mineradores dos Estados Unidos para conversar sobre formas de extrair o ativo de modo sustentável.

O fato é que o CEO da Tesla tem se preocupado muito com o uso de combustíveis fósseis na mineração do Bitcoin, já que a empresa quase sofreu um cancelamento virtual por se mostrar preocupada com a sustentabilidade enquanto aceitava o ativo.

Essa dualidade foi vista por muitos ambientalistas e internautas como incoerente, o que estremeceu a imagem da gigante tecnológica nas redes sociais.

Por isso, Elon Musk vem buscando humanizar a figura da Tesla ao se mostrar interessado em resolver os problemas causados pela criptomoeda no meio ambiente.

O que fez Elon Musk voltar atrás? 

No último domingo, dia 13 de junho, Elon Musk mencionou em seu Twitter que a Tesla voltará a aceitar Bitcoins assim que a mineração sustentável for levada a sério pelas mineradoras.

Isso fez com que a moeda digital aumentasse seu valor em 5%, ou seja, subiu de US$ 37.399 para US$ 39.190.

Porém, esse anúncio não foi algo espontâneo, foi uma resposta à crítica sofrida por ele em uma matéria do site CoinTelegraph, em que a CEO da fintech Sygnia, Magda Wierzycka, o acusava de tentar sobrevalorizar a criptomoeda.

Essa crítica tem como fundamento o fato da Tesla ter comprado US$ 1,5 bilhão em bitcoin aumentando a especulação de que a compra seria uma estratégia de venda do volume quando ele atingisse seu pico.

E é o que acontece toda vez que Elon dá uma declaração sobre o ativo, o valor sobe mesmo que esteja em queda drástica.

Ainda no ano passado, quando a empresa resolveu adquirir esse montado de Bitcoins, tanto as ações da criptomoeda, como as da montadora de carros elétricos subiram.

No entanto, após o anúncio do CEO de que a Tesla não aceitaria mais essa forma de pagamento, o valor do bitcoin caiu um pouco. Naquele momento, Elon começou a se apaixonar pelo Dogecoin.

Mas a paixão foi momentânea, já que parece que o dogecoin não é mais uma boa ideia após o próprio Elon anunciar que nem sua mãe o queria.

Assim, ele voltou a se relacionar com o Bitcoin, porém, com a consciência de que o uso de energias mais sustentáveis seria o diferencial da vez quando o assunto é mineração e humanização de sua empresa.

Desse modo, para sabermos se a criptomoeda permanece sendo uma boa ideia ainda teremos que acompanhar Elon Musk nas redes sociais e muitas outras notícias como essa.

Então aproveite e não perca nenhum conteúdo nosso. Aqui nós fazemos uma cobertura sobre cada acontecimento que impacta o bitcoin e não deixamos faltar nada para você.

Victória Gonçalves

Victória Gonçalves

Grad. em Direito pela Universidade Federal de Juiz de Fora. Participou de projeto de extensão na área de cooperativismo. Atuou como estagiária no Tribunal Regional Eleitoral. Possui certificação em Marketing de Conteúdo, Produção de Conteúdo, Revisão de Conteúdo, Copywriting e Excel. Especialista na produção de conteúdo na área de Pesquisa e Desenvolvimento do Grupo Voitto

[eBook] 9 Estudos de Caso com uso da tecnologia Blockchain

QUER RECEBER CONTEÚDO VIP?

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

Respeitamos sua privacidade e nunca enviaremos spam!

voitto.com.br

© Copyright 2008 - 2024 Grupo Voitto - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

9 Estudos De Caso Com Uso Da Tecnologia Blockchain

Para baixar o material, preencha os campos abaixo:

Possui graduação completa?

Concordo em receber comunicações de acordo com a Política de Privacidade.