CURSO GRATUITO

INSCRIÇÕES ATÉ

21/06

Inscreva-se agora

O que é workflow?
Diferença entre workflow e processo
Benefícios da aplicação de workflow
Tecnologias workflow
5 passos para implementar um workflow
Dica bônus!

Saiba como e por que aplicar o workflow na sua empresa

Entre tantos benefícios ao aplicar o workflow no seu negócio nós destacamos a praticidade do passo a passo e redução de custos.

Thiago Coutinho
Por: Thiago Coutinho
Saiba como e por que aplicar o workflow na sua empresa

Independente do tamanho da sua empresa, contar com um sistema de workflow para gerenciar as tarefas da organização é fundamental para quem deseja maior desempenho e produtividade da equipe.

Com o workflow, até mesmo os desafios do home office foram superados por diversas empresas.

Por isso, preparamos este artigo especializado para você entender o que é, como funciona e por que aplicar o workflow nas rotinas do seu negócio.

  • O que é workflow?
  • Diferença entre workflow e processo;
  • Benefícios da aplicação de workflows;
  • Tecnologia workflow;
  • Como funciona um workflow.

Vamos lá!

O que é workflow?

O workflow, traduzido para o português, ganha o significa fluxo de trabalho. Ou seja, podemos dizer que este é um conjunto de regras que busca automatizar processos com o objetivo de melhorar o desempenho da equipe.

Ele é um dos vários tipos de sistemas de gerenciamento focados em cumprir cada um dos passos necessários para atingir um objetivo específico.

Em outras palavras, podemos dizer que ele é um sistema responsável por estabelecer um método específico de que não haja gargalos na sua empresa que sejam capazes de atrapalhar o desenvolvimento de tarefas do negócio.

Além disso, existem diferentes tipos de workflow, que podem ser aplicados diretamente em tarefas, mas também podem ser implantados em processos específicos.

Estar por dentro dos conceitos de workflow é uma das formas de aprimorar a produtividade na sua empresa. Além disso, você pode aprender um pouco mais sobre gestão de tempo e produtividade por meio do curso Gestão do Tempo e Produtividade Profissional.

Por meio dele, você aprenderá a aplicar os três princípios da administração do tempo e a  utilizar as 5 dicas para uma boa administração do tempo e a delegar tarefas de maneira estratégica.

Não vai deixar essa incrível oportunidade passar, não é mesmo? Aproveite e faça sua inscrição logo abaixo!

Você tem uma ótima gestão de tempo e de produtividade? Não? Vem que nós podemos te ajudar:

O maior desafio de hoje é fazer a gestão de negócios pessoais paralelamente a projetos profissionais.

No contexto atual, quem desenvolve métodos e controles que possibilitem conciliar interesses profissionais e viabilizar a execução de seus planos está sempre a muitos passos à frente da concorrência.

Por isso, e a partir de lições que tratam desde fundamentos básicos e da importância do autoconhecimento até ferramentas práticas para você gerenciar melhor o seu tempo, o curso de Produtividade e Gestão do Tempo te capacitará a tornar seu ambiente de trabalho muito mais produtivo, delegando tarefas e lidando com imprevistos de maneira eficiente e ágil!

Além disso, com o cupom BLOG50 você tem 50% de desconto no curso!

Corre a aproveita!

Clique e saiba mais!

Diferença entre workflow e processo

Os processos de uma empresa são sequências de tarefas, relacionadas de forma lógica com relação de causa e efeito. Já o workflow é uma maneira de tornar esses processos mais eficientes e produtivos.

Podemos dizer que a maneira como uma empresa se comunica é um processo. Enquanto o workflow é o meio pelo qual torna essa comunicação mais clara a todos.

Sendo assim, por meio deste fluxo de trabalho, um técnico de segurança no trabalho pode se comunicar com um estagiário da contabilidade sem que haja ruído na comunicação, se for necessário.

Neste sentido, esta metodologia foi desenhada em torno da função dos processos, tornando sua existência completamente inviável sem eles.

Porém, é possível fazer o caminho inverso, em que os processos existam sem o workflow, mesmo que este procedimento não seja recomendado.

Benefícios da aplicação de workflow

Aplicar o workflow em seu negócio pode trazer uma série de benefícios à empresa, confira os principais:

Padronização dos processos

Por meio do gerenciamento de workflow, é criada uma padronização dos processos que permite uma maior agilidade na execução das tarefas.

Além disso, previne erros e gargalos em situações em que tarefas são passadas de um setor a outro.

Desta maneira, a padronização dos processos também permite uma fácil inclusão de novos profissionais à empresa ou ao projeto.

Redução de custos

Como citamos acima, o fluxo de trabalho correto diminui a incidência de erros e elimina tarefas lentas e desnecessárias.

Dessa forma, menos recursos da empresa são desperdiçados, evitando cortes de gastos e ampliando a capacidade de investimento do negócio.

Maior produtividade

Além de agilizar as coisas, um fluxo de trabalho bem estabelecido permite os funcionários realizarem uma melhor gestão de tempo.

Com isso, sua empresa consegue evitar com que as tarefas passem a se acumular ao longo do tempo.

Tecnologias workflow

Não há fluxo de trabalho adequado sem a implementação de tecnologias workflow.

Com elas, é possível ampliar e agilizar o compartilhamento de documentos e de informações dentro ou entre os departamentos da empresa ou, até mesmo, monitorar a resolução de um projeto por meio de tarefas compartilhadas.

Por meio dessas tecnologias, o fluxo de trabalho se faz presente otimizando os processos que devem ser executados.

Entre alguns dos principais softwares de gestão podem ser utilizados para essa função, podemos mencionar alguns, como:

  • Trello: focado em gestão de projetos. A partir dele você consegue acompanhar métricas, definir cronogramas, emitir notificações, delegar responsabilidades, criar checklists e muito mais.
  • Conta azul: com foco na gestão financeira. Além de ajudar a lidar com o dinheiro da sua empresa, o software auxilia na gestão de estoque, na emissão de boletos e de notas fiscais eletrônicas.
  • Agendor: é um software para melhorar o relacionamento com o cliente (CRM). Dessa forma, o objetivo do CRM é antecipar suas necessidades e, a partir disso, oferecer as melhores soluções e o melhor atendimento.
  • Zeev: com o Zeev, você desenha os seus fluxos de trabalho e os automatiza, passando a ter mais autonomia e velocidade na criação das suas soluções. E tudo isso sem precisar fazer programação de códigos, ou seja, de forma independente da área de TI.

No entanto, antes de implementar qualquer um desses recursos é necessário identificar o tipo de fluxo de trabalho com o qual você está lidando.

  • Workflow de produção: para grupos que estão envolvidos em um grande volume de dados, políticas de negócios e recursos financeiros de escala maior. 
  • Workflow administrativo: para rotinas administrativas e grupos que estão envolvidos em atividades contínuas e previsíveis, que são coordenadas por regras simples.
  • Workflow ad hoc: indicado principalmente para aqueles grupos formados por pessoas que façam tarefas individuais.

5 passos para implementar um workflow

Agora que você já sabe o que é o workflow e qual sua importância, chegou a hora de saber como implementar um sistema de workflow único.

1. Análise

Por meio de uma análise meticulosa dos processos, será possível definir qual tipo de workflow será necessário na empresa, levando em conta que muitas empresas adotam mais de um tipo em diferentes setores.

Além disso, é nesta etapa que você saberá o que é desnecessário para o seu negócio.

2. Mapeamento

Estabelecer um manual das etapas a serem seguidas gera uma formalização e esclarecimento do workflow adotado para todos os envolvidos atualmente e futuramente.

Mapear as etapas dos processos também é essencial para encerrar as tarefas inúteis identificadas anteriormente.

3. Líderes

Os líderes devem ser estabelecidos não pela hierarquia na empresa, mas sim pelo grau de comprometimento e envolvimento no projeto.

Assim será possível criar um monitoramento constante do fluxo de trabalho e garantir que ele permaneça eficaz.

4. Resultado

Esclareça qual será a meta a ser alcançada. Por exemplo: o início das ações do planejamento estratégico, a publicação de um artigo, a entrega de um relatório para o cliente, o envio de nota fiscal, etc.

Com isso, a equipe tem uma visão mais clara do todo, gerando mais engajamento já que eles enxergam o resultado final de seus esforços.

5. Aperfeiçoamento

A última coisa que um workflow deve ser é um processo engessado e imutável. O ideal é, ao fim de cada resultado, refaça este processo e analise o que pode ser melhorado no fluxo de trabalho da empresa.

Dessa forma, sua empresa não fica estagnada e nem retorna a mesma condição de antes de adquirir o workflow.

Dica bônus!

Neste artigo, você aprendeu um pouco mais sobre workflow e a sua importância para melhorar a produtividade e evitar a existência de gargalos dentro da sua organização.

O próximo passo para atingir níveis ainda melhores dentro da sua empresa é fazer uma gestão para resultados. Não sabe por onde começar? Nós temos a solução!

O profissional do futuro precisa estar atento a uma das grandes características exigidas pelo mercado: a agilidade!

Para te ajudar nesse desafio, criamos a Formação de Especialistas em Gestão Ágil de Projetos, que une as práticas internacionalmente reconhecidas em Gerenciamento de Projetos e descritas no Guia PMBOK, até a metodologia mais utilizada no mundo para a Gestão Ágil de Projetos, o Scrum.

Ao realizar o curso, você será capaz de mesclar desenvolvimento ágil e preditivo em seus projetos; implementar uma cultura de agilidade em sua organização e, é claro, se tornar um Gerente de Projetos e um Especialista em Scrum reconhecido internacionalmente!

Clique na imagem abaixo e se inscreva na nossa Formação de Especialistas em Gestão Ágil de Projetos.

Formação de Especialista em Gestão Ágil de Projetos

Thiago Coutinho

Thiago Coutinho

Thiago é formado em Engenharia de Produção, pós-graduado em estatística e mestre em administração pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Black Belt em Lean Six Sigma, trabalhou com metodologias para redução de custos e otimização de processos na Votorantim Metais, ingressando posteriormente na MRS Logística como trainee, onde ocupou posições de gestor e especialista em melhoria contínua. Com certificação Microsoft Office Specialist (MOS®) e Auditor Lead Assessor ISO 9001, atendeu a diversas empresas em projetos de consultoria, além de treinamentos e palestras relacionadas a Lean Seis Sigma, Carreira e Empreendedorismo em congressos de renome nacional como o ENEGEP (Encontro Nacional de Engenharia de Produção) e internacional como Congresso Internacional Six Sigma Brasil. No ambiente acadêmico atua como professor de cursos de Graduação e Especialização nas áreas de Gestão e Empreendedorismo. Empreendedor serial, teve a oportunidade de participar de empreendimentos em diversos segmentos. Fundador do Grupo Voitto, foi selecionado no Programa Promessas Endeavor, tendo a oportunidade de receber valiosas mentorias para aceleração de seus negócios. Atualmente é mentor de empresas e se dedica à frente executiva da Voitto, carregando com seu time a visão de ser a maior e melhor escola on-line de gestão do Brasil.

Guia prático para ser um líder de alta performance

QUER RECEBER CONTEÚDO VIP?

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

Respeitamos sua privacidade e nunca enviaremos spam!

voitto.com.br

© Copyright 2008 - 2024 Grupo Voitto - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

Guia Prático Para Ser Um Líder De Alta Performance

Para baixar o material, preencha os campos abaixo:

Possui graduação completa?

Concordo em receber comunicações de acordo com a Política de Privacidade.