Se você é fã de filmes e séries já deve ter ouvido falar termo Spin-off no mundo cinematográfico. Vários Personagens ou atores muitas vezes se destacam e ganham suas próprias produções.

Mas o que é Spin-off nos negócios? Como ele surge e impulsiona muitos produtos e serviços? Se está curioso para saber mais, segue comigo.

Neste artigo vamos ver:

  • O que é uma empresa Spin-off;

  • Quando criar uma Empresa derivada;

  • Vantagens da derivagem;

  • Como criar uma empresa Spin-off;

  • Diferença entre Empresa Spin-off e Startup;

  • Diferença entre Spin-off corporativa e Spin-off acadêmica.

 

O que é Spin-off?

 

Spin-off, ou em português, derivagem é o termo que usamos para definir uma empresa independente que nasce de outra (empresa-mãe). Assim, usa-se todo os conhecimentos e estruturas já existentes para ampliar e inovar o negócio

É importante reforçar que uma Spin-off não é uma franquia do negócio principal. Franquias são uma modalidade de negócio para a venda e distribuição de uma marca, a partir do compartilhamento de faturamentos. Neste caso, tudo gira em torno de uma mesma empresa.

A Spin-off é o lançamento de um produto ou negócio que foi idealizado pela empresa-mãe e que se destacou muito, ou que atende a um nicho de mercado específico que não pertence ao foco da empresa principal.

Agora que você já sabe melhor o que é uma empresa Spin-off, é importante saber qual o melhor momento para se criar uma empresa derivada.

 

Quando criar uma empresa derivada?

 

É muito importante acompanhar o crescimento de um negócio. Quando é observado um potencial de expansão de um produto, é preciso analisar se este não irá ofuscar os demais itens do portfólio e demandar muitos colaboradores em um único projeto, desfalcando outros times. 

Além disso, muitas vezes, o produto destaque não tem espaço para desenvolver todo seu potencial na empresa mãe e a chance de um negócio promissor pode estar sendo perdida. 

Nestes casos a spin-off se mostra uma excelente opção, pois irá carregar a bagagem de conhecimentos da empresa principal, podendo crescer e inovar.

Agora quero te dar uma dica. Em sua maioria, grandes empresas de inovação utilizam Metodologias Ágeis para desenvolver e otimizar seus projetos. Então, para você que gostou deste tema e quer colocá-lo em prática na sua carreira, preparamos para você um curso de Introdução ao Agile SCRUM, totalmente GRATUITO.

 

Curso Introdução ao Agile SCRUM

 

Vantagens da derivagem

 

Se você se interessou pelo temas, vamos seguir e conhecer os benefícios desse negócio.

 

Foco

Este é um benefício tanto para a empresa-mãe quanto para a Spin-off. Enquanto o negócio principal segue dando enfoque em seu core business e em seus outros produtos, a empresa derivada pode investir dedicação total na alavancagem do novo negócio.

 

Competitividade

A empresa derivada geralmente atinge nichos de mercado que o negócio principal não conseguia atender. Assim, torna-se possível ampliar a atuação do empreendimento, conquistando novos públicos e aumentando a competitividade.

 

Experiência

A empresa Spin-off já inicia suas atividades com uma grande vantagem. Ela traz toda a bagagem de conhecimento e experiências de mercado da empresa-mãe, além de poder contar com funcionários especializados e habituados ao negócio.

 

Independência

A empresa derivada não precisa estar necessariamente ligada à empresa-mãe. Desta forma, ela possui liberdade para inovar e crescer sem risco de afetar a renda do negócio principal.

Mas como se fazer o processo de derivagem de uma empresa? Vamos te dar algumas dicas de pontos importantes para se pensar e levar em conta.

 

Como criar uma empresa Spin-off?

 

Para iniciar uma empresa, mesmo uma Spin-off, alguns estudos e análises precisam ser realizados. Entender o mercado, seus clientes, e analisar como sua empresa poderá ser um diferencial é muito importante. Então vamos lá:

 

1. Escolher seu produto ou serviço

As empresas derivadas permitem independência e inovação em relação ao negócio principal, dessa forma é possível atuar em diferentes nichos do mercado que antes não eram abrangidos.

Então, o primeiro passo é decidir qual nicho atender e qual produto ou serviço oferecer que irá tornar seu negócio diferenciado.

 

2. Análise de Mercado

Conhecer o mercado que se quer empreender é essencial. Para isso, nada melhor que conhecer seu cliente! Realizar pesquisas no seu nicho e entender as necessidades do seu cliente irão te dar um Norte para um Produto Mínimo Viável (MVP). Dessa forma, a análise de viabilidade da sua ideia se torna mais concreta e embasada, permitindo ainda que se encontre oportunidades de negócio não exploradas.

 

3. Gerenciamento do projeto

Todo bom negócio tem um bom gerenciamento. A partir de seus estudos de mercado faça seus planejamentos. Estabeleça seus objetivos e metas.

Analise também os aportes financeiros e crie um cronograma viável de acordo com seu orçamento. Pense em estratégias de marketing e vendas que podem ajudar a alavancar a estréia do seu produto.

 

4. Escolha de uma boa equipe

Uma das vantagens de uma Spin-off é ter a estrutura da empresa-mãe. Assim, é possível montar um time enxuto, com pessoas experientes do negócio principal que irão focar no desenvolvimento do novo produto.

Agora que você já aprendeu quase tudo sobre Empresas Spin-off, vamos esclarecer algumas definições que costumam gerar dúvidas.

 

Diferença entre Spin-off e Startup

 

Como já vimos, a empresa derivada trata da expansão de um produto ou serviço de uma empresa já existente. 

Já a startup é um modelo de negócio repetível e escalável, geralmente associado à tecnologia e que pode nascer de empreendedores independentes, que quando obtém sucesso, conseguem aportes de grandes empresas para financiamento do projeto.

Ou seja, ambas nascem a partir de ideias inovadoras, porém iniciam sua concepção de lugares e situações diferentes.

Vale ressaltar que um Spin-off pode nascer de uma startup. Nesse caso, os resultados costumam apresentar ganhos exponenciais.

 

Diferença entre Spin-off corporativa e Spin-off acadêmica

 

Esta é uma dúvida fácil de ser esclarecida. Assim como no caso anterior, a diferença nos dois termos deriva do lugar de concepção do negócio.

No caso da Spin-off corporativa a derivação ocorre de uma empresa ou companhia comercial já estabelecida no mercado. Já a Spin-off acadêmica é uma derivagem de uma pesquisa ou projeto de uma universidade.

Para quem não sabe, muitas faculdades possuem o desenvolvimento de produtos e projetos de pesquisa que se tornam comercializáveis através de startups ou empresas Spin-off. 

 

Pronto para inovar e desbravar novos negócios?

 

Como você pôde perceber, a Empresa Spin-off é uma boa opção para expandir seus negócios e alavancar ainda mais um de seus produtos de sucesso.

Caso tenha interesse, preparamos para você um curso de Técnicas de Venda e Excelência no Atendimento, totalmente GRATUITO, para você continuar sua jornada de desenvolvimento e alavancar ainda mais seus negócios.

 

Curso de Técnicas de Vendas e Excelência no Atendimento

 

Compartilhe com os amigos e se ficou alguma dúvida, deixe nos comentários.